free hit counter

Você já parou para pensar sobre as conquistas e o sucesso?

A ideia de hoje é trazer esse assunto e entender de você, migo leitor, qual a sua concepção sobre o sucesso e de qual forma você o busca.

by 

Opa! Cá está mais uma nova categoria do blog. Quero usá-la para compartilhar um pouco dos aprendizados da vida. São tantos que acho que tenho local de fala pra escrever sobre. ??

No #PapoDoDri de hoje, quero te propor uma reflexão que foi tema da terapia do ano passado. Encontrei esse rascunho em algumas folhas que estavam perdidas na minha mochila do trabalho.

Apesar de ser algo totalmente subjetivo/individual, o sucesso é um objetivo que a maioria de nós perseguimos ao longo da vida, e na maioria das vezes de forma totalmente desproporcional à realidade.

Para muitos, o sucesso são números. Um bom salário, um trabalho incrível, um carrão do ano, popularidade na internet… Mas, na real, de acordo com o significado da palavra, é só aquilo que vem a seguir mesmo.

Ex.: Foi um sucesso acordar hoje, ter comida em casa, trabalho… Tudo o que vem a seguir também é um sucesso.

O carrão, a casa, o salário dos sonhos… Tratam-se de conquistas, que basicamente estão ligadas a um processo pra se obter algo. Afinal, ninguém nasceu andando do dia pra noite. Foi uma CONQUISTA aprender a andar.

Você consegue ver como a parada fica mais leve quando começamos a destrinchar as palavras e entender o seu verdadeiro significado?

Sobre o meu sucesso e conquista

Por aqui, muita coisa mudou depois que comecei a enxergar a vida por essa ótica e deixei de ver o sucesso por números ou conquistas. Se eu quiser dar mais um passo no processo das minhas conquistas, é preciso validar cada pequena ação nessa caminhada.

Por muito tempo fiquei buscando reconhecimento na internet, acreditando que muitos comentários, likes e afins seriam o tal do sucesso. Hoje, tenho um pouco mais de cuidado com essas crenças pra lidar melhor com as expectativas frustradas.

Enfim… A ideia de hoje é trazer esse assunto e entender de você, migo leitor, qual a sua concepção sobre o sucesso e de qual forma você o busca.

Por aqui, eu busco o sucesso diariamente, quando estipulo metas diárias e vou dando check em cada uma delas. O processo de concluir é o sucesso rumo à conquista.

Loading

6 comments

  1. Concordo com você. Só o fato de acordar já é uma grande conquista. O fato de saber que as misericórdias de Deus se renovaram sobre nossas vidas.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

  2. Ai, amigo…
    A gente acaba sendo tão enganado com a ideia do sucesso, né? Ela muda de tempos em tempos, e nós estamos em um tempo e um meio onde a nossa “falta de sucesso”, entre mil aspas, tava corroendo por dentro… Por aqui foi assim e, lendo essa virada de chave que te deu em relação ao SEU sucesso, vejo que foi parecido.
    Mas fala sério, a gente É SUCESSO demais, isso sim! Olha que trajetórias, cara, não dá pra ignorar!
    Quando fiz 30 anos e tinha toda aquela questão do “trinta é a idade do sucesso”, tive uma mega epifania sobre isso, também. Porque no meio de uma pandemia, desempregada, sem saber o dia de amanhã eu me senti tão bem sucedida com a maneira como as pessoas lidaram com essa celebração à distância… Percebi que, de fato, eu estava na idade do sucesso no aspecto que mais me importava: a troca com quem amo! Tem sucesso maior que esse?

  3. Eu também faço checklists e risco as cumpridas, mas apesar de me contentar em ver elas sendo riscadas, não via isso como “sucesso” ainda.
    Obrigada pelo post, agora vou me sentir ainda melhor ao riscar elas!

  4. Nossa, depois que eu mudei o meu conceito de sucesso, parece que a vida mudou. Sei lá, mas parece que a gente começa a enxergar o que realmente importa. No momento eu vivo o meu sucesso 🙂
    Beijos! =**

  5. o sucesso pra mim é ter uma vida plena e feliz, daquela que quando você se coloca no teu corpo de criança você olha e pensa “caramba! que vida maravilhosa!”. gosto de fazer esse exercício e pensar o que a mini Carol diria sobre a Carol de hoje e, de verdade, eu acho que ela estaria muito orgulhosa de toda minha caminhada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *