Livro: Laços inseparáveis

Autora: Emily Giffin Páginas: 445 Editora: Novo Conceito  Gênero: Ficção Sinopse: Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos que vive seu sonho…

by 

Autora: Emily Giffin Páginas: 445 Editora: Novo Conceito  Gênero: Ficção

Sinopse: Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos que vive seu sonho na cidade de Nova York. Com uma carreira promissora e um relacionamento estável, ela convence a todos, até si mesma, de que sua vida está do jeito que ela quer. No entanto, certa noite, Marian atende a porta… e encontra Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensava ter resolvido para sempre. 

Já pensou na hipótese de alguém um dia aparecer na porta do seu apartamento dizendo que é seu filho(a)? Aquele que você abandonou assim que nasceu, há 18 anos? Pois é! Isso aconteceu com Marian Caldwell, uma produtora de tv de Nova York, responsável pela criação de um seriado que estava “bombando”. 
De um lado temos Marian, que se mostra totalmente perturbada com a chegada da filha; do outro, temos Kirby, uma jovem-adolescente que estava “feliz” com a vida que levava ao lado de sua família adotiva, mas, ao completar 18 anos, decidiu que iria atrás dos seus genitores. 
Durante (quase) todo o livro, a Emily Giffin soube conduzir bem a história, dividindo os capítulos entre Marian e  Kirby. Outro ponto positivo é que os capítulos são curtos, fazendo com que a leitura tivesse um ritmo acelerado e sempre deixando uma curiosidade ao finalizá-lo. 
As quase 500 páginas relatam uma linda história de uma mãe que abandonou a sua filha, supondo que essa medida seria o melhor para a criança, mas, nem sempre essa é a solução. Para piorar, Marian escondeu de todos que entregou a filha à adoção; na verdade, apenas a sua mãe sabia da gravidez. 
O motivo de Marian ter escondido a gravidez de todos, inclusive do próprio pai da criança, é utópico, porém, válido. A história ficou boa do jeito que foi escrita, mas, se eu pudesse sugerir algo, com certeza pediria para a autora contar mais um pouco sobre o pai de Kirby, o Conrad. O mesmo apareceu no início e no fim da história, porém, sua passagem foi muito rápida. 
Esse é o meu terceiro livro da Emily Giffin e eu estou cada vez mais me apaixonado pela sua escrita deliciosa. Já li: “Uma prova de amor”, “Presentes da vida” [que tem filme] e “Laços inseparáveis”. 
Em suma, para quem gosta de livros que misturam temas do cotidianos, como amizade, amor, fidelidade e traição, prepare-se porque “Laços Inseparáveis” te fará pensar, rir e chorar nas mais diferentes circunstâncias; além da perspectiva de um final deslumbrante.

12 comments

  1. Já fiquei com vontade de ler o livro. Já li alguns livros dela e a escrita dela é maravilhosa. Sempre que ela lança algum livro eu já coloco na wishlist simplesmente por ser dela, porque isso já é motivo suficiente pra achar que vou amar. Beijo, Adriel, adorei a resenha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.