Resenha: "Não se apega, não", de Isabela Freitas

Há duas semanas eu comprei o tão comentado livro “Não se apega, não”, da blogueira Isabela Freitas. Iniciei a leitura no mesmo dia e hoje…

by 

Há duas semanas eu comprei o tão comentado livro “Não se apega, não”, da blogueira Isabela Freitas. Iniciei a leitura no mesmo dia e hoje compartilho com vocês o que eu achei da obra.

Não se apega, não / 256 páginas / Editora: Intrínseca / Nota: 6,0
O livro conta a história de Isabela (a personagem principal tem o mesmo nome da escritora), uma estudante de Direito de 22 anos, que terminou um longo relacionamento e teve que lidar com todo o sofrimento pós-termino-de-namoro. O livro basicamente é isso: Isabela, a personagem, explica como lidou com o término do namoro e vai dando dicas ao leitor sobre como enfrentar esse tipo de situação. E só!

Só adquiri o livro porque vi em vários sites matérias sobre a obra, onde a escritora foi colocada lá nas alturas como se fosse uma Clarice Lispector da vida. (Aqui vale ressaltar que não estou desmerecendo o trabalho da Isabela, porém, Clarice é Clarice, né?!)
Logo nas primeiras páginas fui me decepcionando… O livro “Não se apega, não” é aquele tipo de obra clichê. Não traz nada de novo e nem inova. É o tipo de leitura ideal para qualquer adolescente cheio de dúvidas. 

Os capítulos não seguem uma ordem cronológica. Ou seja, o livro, que é classificado como ficção infanto-juvenil, está mais para autoajuda, onde Isabela conta experiências sobre desapego, mas a história em si não rende. Dizem que a história vai ter continuação, resta saber do quê!
Enfim, para quem quer um livro de autoajuda, com várias frases para copiar e postar nas redes sociais: este é o livro.

Não gostei da obra, mas parabenizo a Isabela pelo seu esforço e dedicação. Espero que com as diversas críticas que a obra recebeu, ela continue batalhando pelo seu espaço, pois talento ela tem. E muito. 

2 comments

  1. Ainda não li este livro, porém fiquei super empolgada quando vi algumas fotos sobre o livro. Acredito que eu vou procurar antes o livro na internet e somente se eu gostar vou comprar,.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *