free hit counter

Pensando em desistir do blog

Sim, eu penso sobre isso vez ou outra. E aqui está um desabafo sincerão!

by 

Quando criei o Não me Venha Com Desculpa (NVCD), em 2011, jamais imaginei que ele teria tantos anos de vida. Sem dúvida alguma, esse é o projeto mais longo da minha vida. Virou parte de quem eu sou, sabe?

Puxando aqui na mente, me lembro do aniversário de 6 meses e do sorteio que fiz. Me recordo também de comemorar o 1º ano, o niver de 5, de 10 e até o de 11 anos, em abril deste ano.

Muitas águas rolaram, muitos posts foram publicados e histórias vividas. Agora, me pergunto: faz sentido eu continuar atualizando um blog, compartilhar parte da minha vida que tanto tento esconder e viver mais no low profile e slow blogging?

Resposta: sim, faz.

Photo by Rashmi Shukla on Unsplash

Por mais que, às vezes, penso em fechar o blog, talvez entrar no Tik Tok, escrever newsletter e afins, ter o meu próprio espaço é algo que curto bastante. Ainda faz sentido tuitar “NOVO POST NO BLOG! ⚡”. E se um dia perder a graça de sentar pra escrever pro NVCD ou pra qualquer outro projeto na internet, creio que estou trabalhando bem pra não me martirizar. Apenas escolher o que fazer e seguir.

Eu tenho seguido muito, sabe? Sempre respeitando as fases, sentimentos, vontades, sonhos… Se um dia o blog deixar de fazer sentido, tenho certeza de que é por conta de já não me representar, assim como os posts de 2012/2013, em que normalizei a timidez, romances platônicos…

Enfim… O post de hoje e só uma reflexão sobre desistir ou não de algo muito importante pra mim. Como já dito, não penso em fechar isso tão cedo — talvez diminuir a cobrança em atualizar semanalmente.

Este post faz parte de uma blogagem coletiva. Confira as outras postagens em:

Pandinando  /  Sweet Luly  / Algumas observações / Confabulando / Justo Eu!  / Camila por Aí / Profano Feminino /  Inventando assunto /  Like Paradise  / Tô Pronta!

Loading

16 comments

  1. Acredito de depois de tanto tempo de blog, de ter visto o nascimento, ascensão e queda de várias redes pela internet é normal a gente ter uma visão diferente sobre criar conteúdo. Iniciativas como a dessa BC é um lembrete de um dos motivos do pq ainda vale a pena ter um blog, mesmo que não seja mais tão simples manter um. Se um dia vc desistir do blog aposto que vai ser pq algo mais incrível surgiu na sua vida!

  2. Olha, eu só posso concordar. Eu sei que a vida é corrida, mas entre as redes sociais e o blog, fico 100% com o blog e com a vida tranquila que ele me traz. 🙂
    Sorte a nossa que você continua com o seu blog!
    Um beijo,

  3. infelizmente esse pensamento de desistir faz parte de mim, mas qnd menos espero eu to lá de novo, atualizando o blog, compartilhando uma reflexão ou outra… e acho que essa é a melhor parte, o blog precisa fazer sentido, como você disse… e no meio de uma vida cheia de coisas que faço por obrigação, eu não preciso de mais um, vou levando o blog como meu hobbie que faço por amor, qnd posso, qnd dá tempo e principalmente quando e porque eu quero!

    beijosss

  4. Oi, Dri!
    Estar presente na blogosfera é mesmo um caminho sem volta, uma vez que você conhece, se sente em casa para compartilhar tudo aquilo que gosta, é óbvio que teremos momentos em que publicamos menos e outros que estamos frenéticos com posts toda semana ou até mesmo várias vezes por semana, a questão é saber entender como estamos nesse momento e fazer aquilo que nos faz feliz, por isso a blogosfera ainda continua viva, talvez não com o mesmo ritmo de antes, mas ela continua aqui ♥

  5. Eu também já pensei em desistir do blog, mas o que consegui foi apenas dar um tempo do meu cantinho.
    Não consigo fechar aquele espaço, porque em toda a internet é o blog que continua fazendo sentido para mim desde quando comecei na blogosfera em 2010.
    Já fechei uns blogs e iniciei outros, e esse blog pessoal que mantenho faz muito sentido para mim!
    Ótima reflexão!

    Blogger | Instagram | Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *