#PapoDeDomingo com Cássio Cipriano

Música, escrita, realização de sonhos, dicas… Aqui está uma entrevista pra deixar seu coração quentinho!

by 

Com mais de 1 mil avaliações só na Amazon, o escritor Cássio Cipriano conquista o seu espaço a cada dia no mercado literário nacional.

Tocantinense raiz e dedicado, ele se divide profissionalmente entre seus projetos na internet, a carreira na escrita e coordenação de um curso superior na cidade de Araguaína, interior do estado mais novo do país, o Tocantins.

Agora, Cássio está trabalhando na divulgação do seu primeiro livro físico, publicado pela Editora Caligari. Sim, em breve chegará às livrarias “Confluentes”, um romance LGBTQIA+.

CONFLUENTES

Em resumo, “Confluentes” narra a história de dois homens que se encontram em fases diferentes da vida.

Um é da cidade grande, já o outro vive na zona rural. O primeiro prefere encontros casuais, nos apps de pegação, enquanto o segundo não quer relacionamento.

O destino de Teo e Gael se cruzam após as reviravoltas da vida, quando o moço da cidade grande vai passar uns dias no interior, para esfriar a cabeça após uma demissão inesperada.

Será que duas pessoas, vivendo em realidades diferentes, estão prontas para lidar com os fantasmas do passado e construírem um relacionamento duradouro? Adquira aqui a sua cópia para saber mais.

ENTREVISTA

Para conhecer mais sobre o Cássio, abaixo tem uma entrevista bem bacana, exclusiva para o #NVCD. Dê o play nos áudios para escutar as respostas do escritor!

NVCD: Como autor de histórias coloridas, quais são os seus objetivos ao colocar novos projetos no mundo?

NVCD: Crescemos em um tempo em que era raríssimo ver LGBTQIAP+ fazendo sucesso, se não fosse de forma caricata. Como você usa seu talento/trabalho para transformar os tempos atuais?

NVCD: Como você imagina que o Cássio adolescente reagiria caso soubesse que hoje escreve histórias e há pessoas que admiram o seu talento?

NVCD: Uma dica para quem quer entrar no mercado das artes.

NVCD: Como você lida com o bloqueio criativo?

NVCD: Uma música que não sai do seu player.

NVCD: Uma frase que lhe inspira.

NVCD: Um recado para os admiradores do seu trabalho.

11 comments

  1. Eu amei muitooo dar essa entrevista. Tem um valor simbólico e especial poder dividir esse momento com você, Adriel, que tem caminhado ao meu lado desde o início de tudo. Vai fazer 10 anos que nos conhecemos e você tem sido uma aliado fiel, um amigo muito importante e que sempre me apoiou em todos os projetos. Te agradeço muito por todo o apoio, pela amizade e pela oportunidade de falar um pouco sobre “Confluentes” aqui no Não Me Venha Com Desulpas. Gratidão! <3

  2. Mininu Adriel, eu achei a proposta de incluir os áudios maravilhosa, trouxe mais emoção e aproximou mais deste escritor talentoso que amo, Cassio Cipriano, que é pura fonte de inspiração e completa admiração.

  3. Ai Adriel, que post legal. Os áudios me fizeram sentir que eu estava numa mesa com vocês conversando. Sem contar que o sotaque dos Tocantinenses (é assim?) é uma graça!
    O Cássio me pareceu muito talentoso, doce e que escreve muito com o coração. Já quero ser amiga dele!

    Um beijo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.