#PapoDeDomingo com Cardoso

Escritor, gay, paulista, psicólogo… Conheça esse serzinho maravilhoso!

by 

Dono de uma voz encantadora, um humor fora do comum e criativo em boa parte do tempo, o Cardoso é aquele ser humano que a gente quer conversar diariamente.

Aqui vai uma “revelação” sobre o escritor paulista: seu nome artístico é Cardoso, mas no dia a dia, pessoalmente, as pessoas o conhecem mais como Douglas. Uma verdadeira divisão de personagens, né?! 😊

Primeiro livro

Douglas, ou melhor, Cardoso está lançando o seu primeiro livro físico pela editora Rico. Intitulado “Aquela Vez na Irlanda”, a obra conta a história de um jovem que larga tudo no Brasil e vai fazer um intercâmbio em Dublin.

Durante a aventura na gringa, o personagem da história, que também se chama Douglas, vive altas aventuras, explora a sua sexualidade e entende que é gay. Mas, como contar pra família que você nunca foi o que eles pensavam? Só adquirindo a obra pra saber o desfecho dessa trama super envolvente.

ENTREVISTA

E se você se interessou pelo livro e quer saber mais sobre o Cardoso, dá o play na entrevista abaixo.

Qual é a sensação de ver o seu primeiro livro físico sendo lançado por uma editora de renome nacional?

Como você faz para lidar com a vida profissional (psicólogo) e ainda encontrar tempo para criar suas histórias? Há algum planejamento?

Uma dica para quem passa por bloqueios criativos ou falta de inspiração para exercer suas artes.

Agora um exercício de autoreflexão: imagine o Cardoso de 13/14 anos, no ápice da sua adolescência, e deixe um recado motivacional para ele.

De que forma sua vivência como LGBTQIA+ influência na sua escrita?

Quais são os artistas nacionais que te inspiram?

Uma música que não sai do seu player.

Um recado aos seus leitores.

E aí, gostaram da entrevista? Adquira já a cópia de “Aquela Vez na Irlanda”, que está em pré-venda e com preço especial.

8 comments

  1. Amigo de longa distância, meu agradecimento é pequeno perto da admiração por você. Confesso que não tinha conhecimento real do site até você me convidar. É extramamente caprichoso e imagino que deva dar um baita trabalho. Parabéns! Que outros autores possam se cercar de pessoas incríveis como você!

  2. Ai, como eu amo o carisma do Cardoso!!! Ele passa uma vibe tão alto astral. Ouvi-lo respondendo as perguntas faz a gente sentir que tá do lado dele, tomando um suco e papeando sobre escrita.
    Não vejo a hora de ter o meu exemplar físico de “Aquela Vez na Irlanda” em mãos! O Cardoso é um dos presentes mais lindos que a escrita me deu, um encontro que foi possível através dos nossos trabalhos como autores independentes. Tenho muita admiração e orgulho dele, assim como por você, Adriel. Tô amando o novo formato de entrevistas e já animado pra ver (e ouvir) quem vai estar no próximo “Papo de Domingo”. <3

    1. amg, a nossa antologia foi uma das coisas mais lindas de 2020. mesmo numa época em que a gnt estava aprendendo a lidar com o caos, ter esse trampo ao lado de vcs ajudou super a amenizar os efeitos da pandemia. gratidão por tudo e por conectar tanta gnt incrível! <3

  3. eu já quero ler esse livro! fiquei mega curiosa de saber o desfecho de toda a história.
    gostei bastante do formato da entrevista com áudio das respostas, mas se puder te dar um dica é escrever embaixo, nem que seja um resumo, para os casos que as pessoas não possam escutar por algum motivo. mas amei demais

    Adorei as dicas dele sobre o bloqueio criativo, concordo muito no ponto de saber respeitar o momento, tem vezes que insistir naquilo só vai piorar, causar cansaço e estresse, depois que eu aprendi a respeitar meu momento tudo melhorou.

    beijosss

    1. oi, amg. na próxima entrevista vou ver a melhor forma de ter o áudio junto com o texto. confesso q nem pensei nisso. vlwww pela dica!

      e leia mesmo o livro do Cardoso. eu já li a primeira edição e adorei! <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.