E se eu fosse uma celebridade?

Dizem que pelo menos uma vez a gente vai querer ter a vida de certa celebridade, certo? Errado! Até hoje eu nunca parei para pensar…

by 

Dizem que pelo menos uma vez a gente vai querer ter a vida de certa celebridade, certo? Errado! Até hoje eu nunca parei para pensar sobre isso. Como eu acompanho a vida de milhares de celebridades, nunca passou pela minha cabeça querer ter a vida de fulano ou ciclano.

Ser uma pessoa famosa não é fácil! Para provar, o joguinho da Kim Kardashian mostra bem a realidade de uma celebridade: muita correria, às vezes você tem que “passar por cima” dos outros para conseguir algum destaque e por aí vai. Não é bem diferente da realidade dos anônimos, que também tem que usar os outros para conseguir alguns benefícios. A diferença é que eles não estão na mídia e nem são reconhecidos pelo país/mundo inteiro.

Se eu fosse uma celebridade, sem dúvida alguma eu seria aquela bem reservada, que divulgaria pouco da vida pessoal; aquela pessoa que quase não usaria as redes sociais para falar de si mesmo, mas para divulgar trabalhos. Com certeza eu seria uma versão brasileira da Angelina Jolie. (Já viram o perfil dela no Instagram? Quase nada sobre a vida pessoal)

Mas o bom das celebridades é justamente a exposição, né? Acompanhar o dia a dia de cada um, ver que eles são #gentecomoagente… Logo, chego a conclusão de que o mundo da fama não foi feito pra mim! Não a fama em que o mundo inteiro acompanha a sua vida. Diria que eu sou aquela pessoa que prefere ser “popular” no espaço em que vive. Aí a história muda um pouco, mas aquele lance de manter-se reservado continua.

Como sou obrigado a escolher uma celebridade, fico com a Taylor Swift. Motivo: todos os trabalhos da Taylor são baseados nas frustrações dos relacionamentos dela. Ou seja: eu tenho uma bagagem boa pra escrever livros/músicas sobre meu “relacionamentos” também. Ela é o mais “real” de mim.

E vocês, qual celebridade seriam?

Esse post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo que preserva o velho e bom modo de blogar. Se interessou? Clique aqui para ir ao grupo.

10 comments

  1. Oi, Adriel!

    Ainda não consegui escolher meu tema da blogagem coletiva lá no rota, mas esse me interessou bastante. Mas pensando melhor, acho que nem conseguiria responder muito bem essa pergunta porque eu prefiro ser rica do que famosa hahahhahaha Se eu fosse alguma pessoa famosa por um dia, acho que também escolheria a Taylor. Amo essa mulher <3 E ela bem conhece as dificuldades de ser celebridade. A mídia não deixa a pobrezinha em paz ):

    Adorei o post!
    Abraços e até a próxima <3

  2. Já pensei em como seria uma vida assim. Não sei se gostaria de mil paparazzis atrás de mim e fuçando a minha vida, isso é chato demais.
    Eu com certeza seria uma celebridade mais na minha tbm, nada de polêmicas 😛
    bjokas diadebrilho.com

  3. Acho que se eu fosse celebridade não seria que nem a Angelina, penso que ia tentar manter minhas redes sociais do jeito que são hoje, exposição na medida certa – só que provavelmente com mais ryqueza!
    Mas é difícil pra pensar como seria porque a gente não está na pele deles pra ver, né?

  4. Adorei o post!!! Eu prego muitas coisas "certinhas" mas acho que se eu fosse famosa eu iria estar sempre debaixo de holofotes ahahah, gosto da Taylor por ela ser verdadeira com os sentimentos que ela expõe na musica sem querer mascarar nada.
    Amei seu blog -e o layout tambem <3- e já estou seguindo, sucesso!

    Beijão,
    garotaroyal.blogspot.com

  5. Olá!
    Também faço parte do grupo Rotaroots e estou participando pela primeira vez.
    Posso dizer com certeza que a sua postagem (li todas que escolheram o mesmo tema que nós) foi a que mais gostei até agora pq me identifico com ela.
    Aliás, foi pensando em algo assim que fiz a minha postagem. Não sou muito chegada em fama e a Jolie com certeza é um belo exemplo de quem mantém sua vida de fama longe das lentes. E temos alguns exemplos brasileiros também como o Edson Celulari e a Claudia Raia – lembro que quando casaram, ambos sumiram da mídia e tiveram sua vida particular bem afastada das fofocas. Porém só divulgaram o divórcio e voltaram a trabalhar qdo tudo estava preto no branco.
    Acho que não acostumaria com vida de fama de jeito nenhum…

    Abração e lindo dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.