Como não abandonar os estudos para o vestibular!

Último ano no colégio. Anseio. Angústia. Todos os sentimentos bons e ruins fazem parte da vida dos estudantes. Além disso, são nesses momentos que eles…

by 

Último ano no colégio. Anseio. Angústia. Todos os sentimentos bons e ruins fazem parte da vida dos estudantes. Além disso, são nesses momentos que eles se conhecem e passam a entender os seus pensamentos.

Para muitos pode ser besteira, contudo, você entenderá o sentimento, os apuros de alguém quando passar pela mesma situação. Praga? Não, meu caro. Apenas a realidade.

Estabeleça metas

Para se dar bem no vestibular, concurso público ou num simulado do colégio é necessário estabelecer metas, traçar objetivos e o principal, estudar. Tenha em mente que todo o seu esforço de hoje beneficiará você amanhã.

Dica: compre uma agenda e escreva o que deseja alcançar, dessa forma, sempre que se sentir abatido você lembrará o que está buscando e manterá o foco: realização pessoal.

Cronograme o seu dia

Rotina, rotina e rotina. Essa palavra define a vida de todo estudante que realmente quer algo da vida. Quando o objetivo e o foco sãos os mais importantes quase tudo é possível.

Dica: Crie um calendário anual/semestral organizando o seu dia. Deixe espaço para o lazer, mas não se esqueça do fundamental: perca de tempo acarretará consequências.

Com pequenas atitudes grandes mudanças ocorrerão. Lembre-se: desistir é para os fracos. Faça da palavra “LUTA” o seu lema de vida.

Com a combinação de estudar+ objetivo + foco você terá o SUCESSO. Boa sorte! :*

2 comments

  1. Adorei!
    Ainda tô longe de prestar vestibular, mas já penso em começar a estudar desde hoje.

    Além disso essas dicas podem ser aproveitadas no colegial também. 🙂

  2. Obrigado pelo seu comentário, Mariana.

    Sim, as "dicas" servem para todos, homens ou mulheres, jovens ou adultos. Afinal, não é porque paramos de estudar, na escola, que nunca mais pegaremos em um livro, né verdade?!

    Você está fazendo a coisa certa. Vestibular exige não só estudo, mas tempo e paciência!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *