A rotina da vida!

As pessoas passam na rua e mal sabem que eu sou o amor… É, eu sou o amor verdadeiro, capaz de transformar vidas! Às vezes…

by 
As pessoas passam na rua e mal sabem que eu sou o amor… É, eu sou o amor verdadeiro, capaz de transformar vidas! Às vezes fazemos tantas coisas que mal sabemos distinguir o falso do verdadeiro, a mentira da verdade e por aí vai à rotina fútil que criamos!

Uma vez me disseram que no dia que alguém nos chamasse de fútil poderíamos ficar com raiva, pois fútil é tudo aquilo que não nos serve. Claro que este argumento está certo.  Me pega em devaneio agora… Por que criar rotinas? Viver um dia de cada vez não é melhor?

Temos apenas uma vida, não somos como gato, que dizem ter 07 vidas. Vamos aproveitar os nossos momentos, deixar tudo rolar. Afinal, quando planejamos algo nunca dá certo, às vezes pode até rolar, mas não me venha com desculpas… Pode confessar: quantas vezes você não planejou algo e deu super certo? É a vida, meu amigo!

Venha comigo, não podemos mudar o mundo, mas a nossa vida sim! Vamos viver o poema do Carlos Drummond de Andrade?



Diga adeus para a rotina!

2 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.