Um mês morando sozinho

Morar sozinho é uma delícia! É autoconhecimento, é liberdade, é paz, é luta, é você e você na luta por sobrevivência.

by 

Há pouco mais de um mês meus pais estavam se mudando para um novo endereço e eu decidi ficar na casa antiga. Há 30 dias eu me abri para o novo e encarei o desafio de ser totalmente independente. Há 720 horas estou vivendo por e para mim. 🙏

Os desafios encontrados foram muitos. Mesmo.

Ainda não comprei o meu fogão, tampouco o botijão de gás. A geladeira é de propriedade dos donos da casa alugada, assim como a enorme mesa de madeira (meu móvel favorito!) e estante para os meus livros.

O que é meu mesmo são: os pratos que comprei, poucos talheres, copos e comida, claro. Tem também a paz, o silêncio, a tranquilidade… 💆‍♂️

Estou vivendo num espaço minimalista, com o que é essencial para mim. A todo instante salvo imagens na galeria do celular de decorações que pretendo fazer… Tudo de forma tranquila e saudável, sem pressão ou autocobrança.

Plantinha que Mamys deixou pra mim. 🌺

Nesse primeiro mês de casa nova, aprendi que:

MORAR SOZINHO É…

  • Um aprendizado atrás do outro, todos os dias;
  • Você surta por a casa não ficar limpa a semana inteira (isso me lembra que hoje é dia de faxina. #todospiram);
  • Você promete que não vai acumular louça na pia;
  • Diariamente reclama de ter louças na pia;
  • Você aprende a conviver consigo mesmo e a se dar bem com a solitude;
  • O mercado está absurdamente caro e um vale-alimentação é a melhor coisa que já inventaram;
  • A energia, água, internet… Os boletos precisam ser pagos por você, sem dividir o valor com mais alguém;
  • Lavar a roupa na mão dói as costas;
  • Você sente saudades da comida da sua mãe. RISOS.
  • Alguém precisa colocar o lixo pra fora, e esse alguém é você, óbvio.

E mesmo com essas e várias outras dificuldades que surgem diariamente, morar sozinho é uma delícia. É autoconhecimento, é liberdade, é paz, é luta, é você e você na luta por sobrevivência.

Parabéns pra mim por 1 mês morando sozinho. 🏡

6 comments

  1. Oi Adriel,
    Confesso que a única coisa que não partilho contigo é sobre a louça, haha. Já me acostumei com louça na pia e aprendi a não acumular, assim como o meu marido, então tornamos algumas ações habituais para manter a pia sempre limpa. Quanto a casa estar sempre suja… já desapeguei, aceita que dói menos, ela nunca estará 100% limpa depois de cinco minutos que você acabou de limpar, hahaha.
    Morar fora da casa dos seus pais é um desafio, mas sim, concordo com você, é libertador, pois a gente cria a nossa própria rotina no nosso próprio ambiente.
    Parabéns! Logo sua casinha estará como você sempre sonhou!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

  2. eu amei esse post e concordo com TODOS os itens hahahha

    apesar de ter saído da casa da minha mãe há mais de 6 anos, eu to morando sozinha menos de 6 meses e é bem complicadinho, todo dia eu aprendo algo novo, já me acostumei, mas sinto falta de uma companhia

    1. amiga, há momentos em que tbm sinto falta de alguém dentro de casa. já até levei esse sentimento pra terapia, mas a psi disse que é super normal. e nessas horas que gnt faz autoavaliações e se autoconhece. ontem mesmo estava assim, daí fiz uma bela faxina em casa e tudo ficou perfeitinho. <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *