Decoração de casa vira vício: a saga pra criar um espaço pra estudos

Sempre quis ter uma mesa de estudos, mas fui adiando o desejo, postergando até que, finalmente, risquei mais um desejo da lista. Sim, eu tenho…

by 

Sempre quis ter uma mesa de estudos, mas fui adiando o desejo, postergando até que, finalmente, risquei mais um desejo da lista. Sim, eu tenho uma escrivaninha linda no meu quarto! 😍

O que me motivou a ter uma escrivaninha foi o meu diário. Ando muito animado pra escrever sobre o meu dia a dia, mas fazer isso em cima da cama é chato e não acho confortável ir pra outro cômodo da casa. Eu não me sentiria à vontade pra enfeitar as páginas e fazer todas as firulas que amo, sabe?!

Depois de o desejo (e urgência!!!) aparecerem, fui pra internet procurar mesinhas. Achei uma mais linda do que a outra. Ao colocar o produto no carrinho, levei um susto com o valor final. Por que o frete é tão caro pra região Norte? Pra você ter noção, havia móvel de uns R$ 200 com frete de R$ 250. Tipo??? Sem lógica real! Aqui fica o meu protesto! A gente existe e merece preço justo.

Protestos à parte… Decidi que compraria aqui na cidade mesmo, sem pagar pela entrega. Vasculhei pelo Facebook (ele sempre salva a gente, né?) por algum marceneiro. Acabei encontrando um que cria escrivaninha em MDF por R$ 200. Achei o preço ótimo e fiz o pedido. Quando ela chegou em casa, foi só alegria. Ficou tão linda no meu quarto!!! 💖

Todo dia eu chegava do trabalho, tirava o uniforme, tomava um belo banho e corria pra mesinha pra escrever no diário. Até que surgiu a necessidade de uma cadeira mais confortável e bonita. Inicialmente, eu tava usando uma de plástico mesmo, daquelas branco-gelo.

Me organizei financeiramente e fui procurar por uma loja física pra comprar uma poltrona, já que, novamente, na internet tudo estava barato, mas com o frete lá nas alturas. Uma amiga me indicou uma empresa e lá fui eu visitar o depósito. Foi amor à primeira vista quando vi uma cadeira vermelha, grande, linda… Eu já sabia que ela seria minha, mas tive a certeza quando a vendedora disse que se eu levasse ela, ganharia um puff pra fazer um kit mara da vida. Eu gritei internamente e esbanjei um sorrisinho amarelo pra mulher e pra minha mãe, que me acompanhou pra eu não pirar e levar mais coisas do que deveria.

A conclusão que chego é que mexer com decoração de casa vira vício. Você passa o tempo inteiro pensando em novas coisas pra comprar, fazendo pin no Pinterest o tempo inteiro, printando fotos e salvando outras mil no Instagram. A gente fica louco!!!

Depois que comprei a escrivaninha e a poltrona, adquiri mil coisas. Quadros pra parede, potes pra colocar canetas, post-it, marcadores de textos, folhas decoradas… Virei O dono de casa. E olha bem pra uma coisa: eu só queria uma mesinha de estudos pra escrever no diário, mas já tenho em mente a decoração inteira da minha casa.

Tá uma loucura ser adulto!

2 comments

  1. Eu AMO decorar. Eu tenho uma pasta do pinterest como inspiração pra minha futura casa própria, e obviamente tem decorações para que casas nem sei se um dia terei, mas não custa sonhar, não é mesmo?!
    No momento meu namorado tomou meu escritório por causa do home office, ele está com o computador dele na mesa dele, com as coisas dele e está com o notebook e as coisas do trabalho na minha mesa, não vejo a hora de expulsar ele de lá…

    Beijões.

    1. ai, carol! eu já estaria SURTANDO. tenho ciúmes demais das minhas coisas. entendo q é por conta do momento/necessidade, mas, nossa… tenso demais!

      pasta no pinterest com milhares de referência: quem nunca? hauhuahaua :*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *