Borboletas no estômago

É uma sensação quase que indescritível e só quem passou por isso sabe o quanto nos faz um bem danado, e alimenta as esperanças de…

by 
É uma sensação quase que indescritível e só quem passou por isso sabe o quanto nos faz um bem danado, e alimenta as esperanças de que o “para sempre”realmente existe. Na verdade, é uma sensação estranha, surge meio que do nada. Para sentir essa sensação basta você amar verdadeiramente e estar ao lado de uma pessoa especial. Nada mais do que isso. Apenas amar e ter a certeza de que o sentimento é real.
 
E como não passar mal ou pensar que vai morrer ao sentir aquele friozinho na barriga? Como lidar com uma sensação que ao mesmo tempo em que é boa, faz o seu pensamento girar como uma montanha-russa?
Psicólogos e terapeutas com certeza dirão que tudo isso é loucura, mas a explicação para o friozinho na barriga, que surge quando você está ao lado de quem ama (mais conhecido como borboletas no estômago!), nada mais é do que a certeza de que a companhia da outra pessoa te faz bem, te tira desse mundo cheio de amarguras, inveja e falsidade.
Confesso que pela primeira vez em toda a minha vida eu senti as tais das borboletas no estômago. Posso dizer que foi especial e a melhor coisa que já me aconteceu. A gente fica desorientado, perde o sentindo por alguns instantes e quando volta para a realidade, volta com uma nova sensação: a de felicidade.
Acontece que, muitas vezes, a gente antecipa as coisas e nem sente essa sensação; a gente mal sabe o nome da pessoa e já quer sair por aí com ela, mostrando que está em um relacionamento “sério” e bla bla bla.
Como diria meus avós, só quem conhece verdadeiramente e profundamente alguém vai sentir o friozinho na barriga quando estiver ao lado dela.
Devo ficar feliz então por sentir pela primeira vez isso, né?! É sinal de que estou no caminho certo… Ou não!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.