Qual o problema em ser gay?

Respondendo logo de cara à pergunta do título do post: não há problema algum em ser gay, inclusive vivemos num mundo (quase) democrático, então, foda-se…

by 
Respondendo logo de cara à pergunta do título do post: não há problema algum em ser gay, inclusive vivemos num mundo (quase) democrático, então, foda-se a opinião dos conservadores que não conseguem entender uma orientação sexual (à propósito, não é escolha!). 
Eu queria escrever sobre qualquer outra coisa divertida à respeito da minha vida, mas, acabei me deparando nas redes sociais com a polêmica gerada pela participação de um modelo no Big Brother Brasil deste ano. Motivo: há “suspeitas” de ele ser gay. 
Infelizmente não estou acompanhando as últimas edições por conta da faculdade, mas, sempre que posso, assisto ao reality show, pois, ao contrário do que muitos pensam, ele é uma boa aula do que devemos ou não fazer em público (e de frente às câmeras). Aos que não curtem o programa, fica aquela opção de desligar a tv. #ficaadica 
Pra quem estava por fora da tal polêmica, deixa eu explicar: há um participante chamado Renan que é modelo/hétero aqui fora, mas dentro do BBB anda dando “pintas” de que goste de algumas “surpresinhas”. Por ele não sair do tal “armário”, os internautas andam pegando no pé do cara e bla bla bla. 
Ao meu ver, não há problema algum em ele ser gay ou não. Isso não vai mudar nada. Se ele entrou como hétero no programa, acreditemos nisso e pronto. Infelizmente, enquanto continuarmos com esse pré-julgamento de que quem usa rosa é gay, tiara no cabelo é coisa de menina e bla bla bla, nunca iremos sair do vermelho e a sociedade não irá evoluir, repassando esses pensamentos idiotas aos nossos descendentes. 
Renam pode ser hétero? Pode! Renan pode ser gay? Pode (e quero! #aloukan).

Afinal, qual o problema em ser gay? Por acaso do destino você ainda acredita naquela história de que os gays serão queimados no fogo do inferno e não entrarão no céu? Sinto muito em te dizer umas verdades,  mas… nós não somos ninguém pra julgar o próximo, aquele que Jesus mandou a gente amar, sabe?

Sendo assim, eu não vejo problema algum em o Renan ser gay ou não. Ele foi ao programa não pra provar sua masculinidade ou coisa do tipo, mas pra tentar ganhar uma bolada de dinheiro que, sinceramente, vale à pena se fingir de gay/hetéro pra consegui-la. 
Ah! Outra coisa… eu já vi tantos colegas aqui fora que tem um “jeitinho” de gay, mas que são héteros pra caralho. Então, apenas parem de ficar julgando as pessoas ou vendo defeitos em elas serem isso ou aquilo. Tem tanta coisa mais útil pra gente conversar/discutir, como o cara que teve a brilhante ideia de jogar uma chuva de glitter no Bolsonaro. 😀

Por um mundo onde ser gay ou hétero não seja o destaque do dia nas redes sociais. Amém!

 Um beijo!

30 comments

  1. por um mundo em que as pessoas cuidem das suas vidas e se amem mais, por que não vai sobrar tempo pra criticarem os outros.
    Mais amor por favor!
    entrevereviver.blogspot.com.br/

  2. Não percebo como é que a orientação sexual das pessoas ainda é um tema tão controverso. É muito simples, cada um tem os seus gostos e ninguém tem nada a ver com isso. Não é uma escolha como os ignorantes ainda defendem, já se nasce assim, ou todos os heterossexuais também fizeram essa opção?

    Outra coisa que muita gente confunde é ser efeminado e homossexual. Um não tem necessariamente que ser sinónimo do outro. Existem gays "machões" e heteros com maneirismos mais "delicados". Se o Renan é gay ou não, não sei, mas mais vale ser bissexual que assim fica toda a gente feliz. Já nem há paciência para tanto preconceito, o importante é o amor!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

  3. Oi Adriel,
    Ótimo texto.
    As pessoas tem essa mania mesmo de julgar só por ver pequenas ações.
    Até vejo esse menino saindo da casa e a galera enchendo a paciência dele com perguntas inconvenientes.

    tenha uma ótima quarta.
    Nana – Obsession Valley

  4. Eu "piro" quando leio que ser ou não gay é uma questão de escolha. Gente, menos. Bem menos.
    Não vejo problema algum em ver BBB (e mesmo que visse, né? problema de cada um, aí sim é escolha de cada um).
    E, meu, andar de um jeito, rebolar, usar rosa, gostar de boyband… nada disso determina a orientação sexual de ninguém.
    A gente ainda tem muito a evoluir como humanidade nesse quesito…
    Beijo, Adriel!

  5. Já quero começar dizendo que essa gente que diz que o programa deixa as pessoas mais burros obviamente não confiam na própria inteligência. Possivelmente são as mesmas pessoas que dizem que uma propaganda com homossexuais pode destruir famílias… Bom, se acreditam nisso, obviamente a estrutura familiar dessas pessoas deve ser uma merda! Apesar de que eu achava estranho essa questão de gays antigamente, cresci com uma mente bem mais liberal. Não me incomodo com a orientação sexual de ninguém – desde que não seja crime e nem imoral, claro! – até porque sei o quanto é ridículo e exaustivo quando alguém resolve cuidar da nossa vida. Sobre essa coisa de ir pro céu ou não… Bom, acho que cada um deveria se preocupar com suas próprias atitudes. Se dizem que um homossexual não vai pro céu, não vai ser uma pessoa que prega o desrespeito e o ódio que vai ir né. Já estudei com vários gays, tenho pessoas na família que são e quer saber? São os parentes mais queridos que tenho haha É claro os trejeitos são um pouco estranhos nos primeiros dias de convivência, mas depois a gente vai se acostumando e pronto. Acredito que essa coisa de odiar os gays é só uma forma de tirar a atenção da própria vida de merda que esses preconceituosos levam. Adorei o post, beijos!
    P.S.: Achei meio chato o que fizeram com o Bolsonaro, mas aí me lembro de tantos gays que apanham diariamente e ninguém fala nada, acha ruim ou ao menos se coloca no lugar deles.
    porbrunareinert.blogspot.com.br/

  6. Concordo com você, não há problema algum em ser gay. Se você não gosta de gays, é um problema seu. Fique na sua e respeite. Eu tenho amigos gays e os amo, não vejo pra que preconceito em relação à isso. Enfim, acho que tem muita gente por aí que gosta de tomar parte da vida dos outros e colocar defeito em tudo.

  7. mídia é sempre legal, mas não sobre esse assunto, né? até eu sendo gay acharia chato as pessoas falarem sobre mim, mas sempre sobre a minha orientação sexual. deve ser um porre!

  8. e como temos, Lívia. claro que tudo isso que tu citou são características de um gay, mas nem todos são assim ou precisam ser assim pra ser ou não.

  9. eu não vejo problema algum em ver bbb. nunca me deixou burro/alienado e, enquanto eu mandar no meu corpo, vai continuar sendo assim. 😀 e sim, os gays são melhores pessoas. 🙂

    acho que o Bolsonaro mereceu, viu?! ele prega tanto ódio…

  10. exatamente, Julie! se cada um cuidasse da própria vida, a gnt não precisaria estar em plenos século XXI falando sobre a vida alheia. 😀

  11. Concordo com tudo que você disse. Ser gay não é uma escolha, assim como ser hétero também não é. Fico com muita raiva quando chego em um lugar e as pessoas dizem "fulano é gay", por que tanta importância se uma pessoa é gay ou não? Ninguém fica falando "fulano é hétero". Isso me irrita muito. Acho que a sociedade tem que amadurecer muito ainda.
    E sobre a chuva de glitter no Bolsonaro, vc viu a matéria do Sensacionalista sobre? Achei demais hahahah

    Bjs
    oh, wow, lovely ❁

  12. 'Eu já vi tantos colegas aqui fora que tem um “jeitinho” de gay, mas que são héteros pra caralho.' não dá pra sair julgando né?
    Fiz um post e indiquei seu blog, veja lá <3

    heyimwiththeband.blogspot.com.br/

  13. Não tem um post aqui que eu não ame, sério <3 Sempre pensei que a vida é uma só e a gente tem que viver DO JEITO QUE QUISERMOS! Acho um saco essa merda da sociedade impor o que temos que fazer, como temos que ser e blá blá blá blá. Caramba, a gente tá aqui e vai passar a vida sendo infeliz por causa do que os outros pensam? Não tem problema nenhum em ser gay, em ser lésbica, em ser hétero em ser nada, o problema tá na cabeça dessas pessoas com mente pequena que acham que tem a vida perfeita pra julgar todo mundo. Que nervo que tenho disso! POr um mundo com mais respeito pra todos! Beijos meu lindo, seus textos são mara!

  14. Gostei da forma como expressou sua opinião aqui. Talvez seja devido pensamentos mesquinhos e preconceituosos que o Brasil não evolui.
    Um abraço,
    juliet-in-crisis.blogspot.com.br/

  15. Algumas pessoas ainda tem uma dificuldade tremenda de aceitar isso como algo natural, a possibilidade de uma pessoa ser gay ou whatever, sei disso porque sinto na pele todos os dias. O ponto é que, se ele for gay, hétero, genderfluid, bi, trans, o que ele quiser, isso não abre espaço para comentários maldosos colocando isso como algo pejorativo, já que não é de forma alguma ruim.

    obstrelando.com

  16. Apoiado!!! Cada um tem o direito de gostar de quem quiser!!

    Adorei o seu blog e já estou a seguir 🙂

    beijos,
    Daniela RC
    Blogue: Doce Sonhadora

  17. As pessoas precisam aprender a respeitar o próximo e parar de querer mudar os outros. Cada um sabe o que te faz feliz, ninguém deve julgar a vida de ninguém!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  18. Concordo com você, Adriel. Ele foi lá pra tentar ganhar o programa e muito dinheiro, se fosse pra dizer se é gay ou hétero, ele faria algo que chamasse a atenção de todos pra isso. De repente sairia pelado com a bandeira dos gays? Vai saber. Enfim, eu acho que o povo está julgando de mais sem saber, não é só porque ele se importa coma a aparência ou o jeito que ele dança que ele é gay. Como dito por você e eu afirmo e repito: eu tenho vários amigos com jeito de gay, mas que são héteros pra caramba! Então, do nosso jeito, vamos tentar acabar com o preconceito.

    xoxo
    Fora do Contexto

  19. Concordo plenamente com o seu texto. O cara é hétero? Ninguém tem nada a ver com isso. O cara é gay? Ninguém tem nada a ver com isso. Eu sou evangélica, da Igreja Assembléia de Deus, mas em vez de ficar julgando fulano e beltrano dizendo que eles vão pro inferno, eu prefiro amá-los, porque Jesus não disse: ame aquele que seguir as minhas leis. Ele disse: Ame o seu próximo. E é isso o que eu faço. Na minha opinião, se tá na Bíblia que isso é pecado, eu considero sim como pecado. Mas isso não vai me fazer deixar de gostar de alguém pelo fato de ser gay. A própria Bíblia fala: Deus detesta o pecado, mas ama ao pecador. Então, eu tenho todo direito de não apoiar, mas eu e toda a sociedade temos não apenas o direito, mas o dever de respeitar a orientação de cada um e amar a todos independente de qualquer coisa. Ah, e para os cristãos que acham que eu estou errada, vou deixar mais um versículo da Bíblia aqui: Não julgueis para não serdes julgados. <3 <3 <3
    Mil abraços, Lysia Ribeiro

  20. Eu não assisto BBB, mas não tenho problema nenhum com quem assiste. É um programa de TV e como tu falou, todos temos a opção de simplesmente não assistir e beijos. Eu sinceramente não acredito que ainda temos que ter esse tipo de discussão, mas parece que temos. A sociedade sempre provando que pra evoluir são anos e anos e anos de sofrimento e incomodação, porque todo mundo é chato e conservador. Porque ser gay ou não é sempre super comentado, gera piadinhas, as pessoas insistem em pegar no pé. Que saco, sabe? Se ele for, ótimo, se não for, ótimo. Também não vejo motivo pra alvoroço. A única coisa que acho dos gifs que vi dele no twitter é que ele é engraçado, tem um jeito engraçado, mas como pessoa. Naqueles momentos que a gente não presta atenção no que tá fazendo, sabe? Mas tirando isso não vejo graça ou nada demais em ser gay, ter "jeito de gay".


    Beijos
    brilhodealuguel.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.