free hit counter

Falar com as plantas é terapêutico

Não é coisa de doido (ou talvez seja) e traz muita paz interior.

by 

Vamos lá, #VouConfessar que: houve um tempo em que via minha avó falando com as plantas e achava aquela cena bizarra. Depois de um tempo, mamys também pegou amor por flores e vivia hablando sozinha, no seu jardim.

Poderia continuar achando esse costume coisa de gente maluca, né? Só que acabei entrando na pira e…

Corta para 2021/2022, Adriel morando sozinho e cuidando de plantas, querendo até comprar uma prateleira só para elas, como essa aqui do Atelier Clássico. Inclusive, o item faz parte da minha lista de 52 Coisas em 52 semanas. #oremos

Como é tradição da minha família não bater muito bem das ideias, acabei nutrindo amor por plantinhas ao ponto de falar sozinho com elas também.

Só pra constar, já coleciono mudinhas de zamioculca, jiboia, coqueiro, cactos variados (inclusive um que dá flor), rosa do deserto e trevo de 4 folhas.

Já “matei” sem querer 2 samambaias e alocasia cucullata

CURIOSIDADE:

Quando percebo que as plantas estão meio tristes, secas e afins, já corro para a casa da minha mãe para tentar salvá-las. Lá é como o hospital das plantas, sabe?! Infelizmente, até agora, todas que levei não tiveram salvação e morreram. Fiquei bem triste!

Mas continuo cuidando dos meus bebês com muito carinho. A cada manutenção, admiro como elas são lindas, se desenvolvem de forma independentes e deixam a casa com uma energia tão boa.

Além de admirar a beleza dos bebes, eu converso com as plantas, pergunto como estão, quando irão florir ou me dar novas mudinhas/filhos. Obviamente, elas não me respondem em palavras, mas eu sei que me escutam, porque ficam mais lindas a cada dia. 🥲💜

Se puder, coloque plantinhas na sua casa e pesquise sobre a origem das mudas. As zamioculcas, por exemplo, são consideradas a planta da fortuna. Trazem sorte para o lar e etc. Acredito demais nisso, porque depois que comecei a cuidar de uma, a vida financeira por aqui ficou bem melhor.

Vai por mim, você vai amar ter plantinhas em casa. É terapêutico tirar uma horinha para ficar off e falar com elas. Ou talvez esse seja um indício de loucura, vai saber!

3 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.