Tropeços e recomeços

Não sei em que momento da vida certas coisas começaram a ficar complicadas. Sinceramente, não parei pra analisar o caminho ao qual o fluxo seguiu….

by 
Não sei em que momento da vida certas coisas começaram a ficar complicadas. Sinceramente, não parei pra analisar o caminho ao qual o fluxo seguiu. O fato é que a cada dia tudo fica mais difícil.
Campo pessoal, profissional, vida amorosa… Tudo se tornou um emaranhado de situações tensas e complicadas. Quando penso que tenho a resposta, vem algo e me mostra que eu estou longe de ter alguma explicação. E tá tudo “bem”.
Tudo bem não saber quando e como vou pagar um bendito boleto da faculdade; tá show não saber quando o meu salário vai ser lindo e não ficarei apertado depois do dia 15 (geralmente meu dinheiro acaba nessa data!); aliás, tô amando não ter um amor e um benzinho pra chamar de meu. 
É óbvio que me desespero por não saber como resolver a bagunça mental e física que habita por aqui, mas eu acredito em dias melhores. Acredito demais.
A vida é cheia de tropeços e recomeços.
Eu caio, me perco, choro, grito… Eu me desespero diante de situações que não exigem isso, mas, né, sou virginiano com ascendente em drama. Amo surtar em momento em que ter paciência é o mais importante.
Em vários momentos penso que a vida vai me dar uma rasteira – e de vez em quando ela me dá – porém, eu desvio das bombas, pulo os obstáculos, corro o mais rápido que posso e, óbvio, espero pelo recomeço ao qual eu tanto luto pra tê-lo.
Posso até não saber como arranjar dinheiro pra pagar um boleto, mas eu acredito em dias melhores. Há momentos em que o banco praticamente me toma o meu salário, mas permaneço firme na crença de que dias melhores virão. Sobre os amorzinhos que não aparecem, talvez seja livramento. Já me apaixonei por tanta gente lixo que, sei lá, o universo pode estar me resguardando de estresse, mentiras… De toda a ilusão que, às vezes, o amor pode nos causar.
De verdade, mesmo me sentindo perdido, eu amo os tropeços e recomeços que a vida me dá. Às vezes parece que ela não tá do meu lado, mas, cara, eu e o universo somos mais que amigos… Somos parças!

2 comments

  1. Oie Adriel, tudo bem?
    Eu entendo bem o que você está sentindo, porque os meus anos anteriores foram exatamente assim. Mas, assim como você, eu também acredito em dias melhores e tenho a impressão que 2020 vai ser um ano cheio de mudanças boas na minha vida. Achei engraçado que você escreveu que você é virginiano com ascendente em drama… HAHAHA! Eu também! Força aí, 'guenta firme que logo tudo melhora! Beijos e bom final de semana! <3

  2. Esse post me fez bem em saber que você tá bem com tudo isso, porque só de ler as situações eu já comecei a enlouquecer por dentro. Queria ver as coisas com essa positividade toda mas a realidade é apenas o desespero…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.