Me frustrei tentando ser organizado

Entender que era necessário mudanças foi um primeiro passo, o segundo foi concluir que a minha vida/rotina não deve ser comparada NUNCA com a dos outros.

by 

Tudo começou quando resolvi que tentaria ao máximo possível ser uma pessoa organizada. Eu achava que ter projetos de curto a longo prazo, e tudo listadinho, não era o suficiente.

Sendo assim, me joguei no mundo da internet e dos bloggers que falam sobre produtividade. Porém, em momento algum considerei que eles VENDEM essa vida organizada, não sendo CLT e tendo horários super flexíveis.

Eu simplesmente comecei a querer acordar 5h, de madrugada, sem conseguir dormir cedo por conta das demandas dos freela. E outra: me cobrava pra estar na cama às 22h, mesmo que minha produtividade seja melhor à noite.

Mais uma vez, lá estava eu me anulando pra seguir “receita mágica” de outras pessoas.

(Vale ressaltar que em momento algum quero criticar os bloggers que falam sobre produtividade e organização. Eles têm a vida deles, lutaram pra estar onde estão e compartilham aprendizados sem cobrar nada. O problema aqui sou eu mesmo ao confundir as coisas e não entender que o ser humano é individual e DIFERENTE um do outro.) ☹️

Pois bem… Conversando com minha terapeuta, falei que estava me cobrando demais pra ser produtivo e seguir determinada rotina, daí ela me soltou um:

“Mas você já não faz tanta coisa? Não atende seus clientes e cumpre os prazos? Onde fica o tempo pra você e sua vida pessoal?”

Confesso que dar de cara com uma realidade espelhada numa vida que não era igual a minha, foi como cair do cavalo e doeu como um tapão bem forte na cara.

A conclusão que cheguei é de que, sim, sou uma pessoa organizada, mas no meio do processo me perdi.

Por pura autocobrança, deixei de aproveitar algumas noites para maratonar séries ou dormir um pouco mais tarde, porque me sentia mal em não estar na cama igual aos bloggers, mesmo sem saber se eles realmente fazem o que divulgam. Eu deixei de lidar com alguns sentimentos por acreditar que seria melhor dormir ou finalizar alguns jobs.

Em resumo: a sensação que tenho é de que há algumas semanas deixei de viver a minha vida, sair com amigos, ver pessoas ou curtir hobbies que tanto amava, mas que não foram prioridades em momento algum.

Nesse último fim de semana, fiz uma limpa em alguns blogs e perfis no Instagram que falam de organização e produtividade e me permiti fazer vários nadas, inclusive dormir depois das 23h. Foi libertador!

Estou tentando encontrar o equilíbrio, sem me espelhar na vida dos outros. Entender que era necessário mudanças foi um primeiro passo, o segundo foi concluir que a minha vida/rotina não deve ser comparada NUNCA com a dos outros.

9 comments

  1. Já passei por essa fase a uns anos atrás e sabe o que aprendi? Ler livros, ver vídeos e ler blogs sobre o assunto é bom, mas sempre vendo o que serve para você. Como você mesmo disse no texto, cada ser humano é de um jeito, e o que funciona pra mim, pode não funcionar pra você e vice versa. É bom consumir esse conteúdo para conhecer coisas novas, mas nada é regra absoluta. Você precisa encontrar o que funciona pra você. No fundo, ninguém pode ditar qual a melhor forma de você viver algo, além de você mesmo.
    Beijos! =**

    1. exatamente, Cris. me perdi no meio do caminho, mas aprendi tbm muita coisa que dá pra inserir no meu dia a dia e melhorá-lo. por isso disse que não os culpo pq em momento algum eles ditaram regra, eu q interpretei tudo errado. :*

  2. A produtividade tem sido vendida de uma maneira muito irreal na internet. As pessoas romantizam quem acorda 5h da manhã, fazem academia, faculdade, trabalham e ainda tem tempo de filmar tudo e maratonar série… mas a verdade é que isso não funciona pra todos e as vezes nem pra quem está postando

    eu me cobro muito por fazer mais, mas tento entender sempre que minha realidade é diferente da blogueira x, ou do coleguinha y…. as pessoas acham que ser produtivo é estar com a agenda lotada em cada minuto, quando na verdade isso não é ser produtivo

    temos que nos conhecer e nos respeitar antes de tudo…

    fico feliz que você conseguiu perceber isso “rápido” e posso dizer, mesmo acompanhando teu trabalho de longe, tu é foda p car####

    beijos
    Carol Justo | Justo Eu?!

    1. ai, amg!!! obrigado pelo elogio e vc disse TUDOH. a gnt tem que cobrar pra fazer mais, mas não se inspirar na vida alheia. e seguir aquela ideia de que tá tudo bem tbm não ser produtivo em todos os momentos. não somos robô, e olha q até eles travam de vez em quando. hauhauahuaha

  3. Oi Adriel.
    Fiz essa limpa na minha rede social no início do ano, estava me sentindo pressionada por mim mesmo a ser igual pessoas que realmente nem sei se são daquele jeito.
    Acho justo termos momentos de nadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *