Revendo temporadas antigas de “Malhação”

É fato que a moda da década passada está voltando com tudo. Felizmente, não são só as roupas, mas também as músicas e produções cinematográficas,…

by 
É fato que a moda da década passada está voltando com tudo. Felizmente, não são só as roupas, mas também as músicas e produções cinematográficas, inclusive as novelas. Sinceramente, a dramaturgias atuais não me chamam mais a atenção – em parte porque a Netflix e outros apps de streaming ganharam o meu amor, mas, também, porque não acompanho mais as celebridades que estão em evidência, logo não há interesse em vê-los na televisão. 😊
 
Por conta do Big Brother Brasil 20, assinei a Globo Play pra ver os bastidores da casa mais vigiada do país e ficar por dentro das tretas. Contudo, durante os três meses de reality, passei mais tempo revendo novelas antigas do que acompanhando o pay per view
 
Dentre as produções que acompanhei, estou quase finalizando a temporada de 2010-2011 de “Malhação“. Isso mesmo! Aquela época em que a gente surtava de amores pelo Pedro e a Catarina e sorria muito das loucuras do Maykon, Josiane e afins. Bons tempos, né?! ❤
Rever novelas antigas foi a forma que encontrei pra não acompanhar muito as notícias sobre o coronavírus e, claro, o nosso ~amado e querido~ presidente. Estou preferindo me “alienar” numa década em que fui muito feliz do que perder a cabeça com gente que apoia um governo doido ou finge que o Covid-19 é “apenas uma gripezinha”.
 

 

Além de esquecer dos problemas atuais, ver a temporada antiga de “Malhação” está me proporcionando mergulhar na época em que as pessoas não ficavam 24h com o celular na mão, tampouco eram tão viciadas em computador e afins. Sinceramente, éramos felizes e nem sabia, né?! Tínhamos no poder o Lula, nossa economia estava de vento em polpa, a educação dava um salto, as bolsas nas universidades e faculdades cresciam… Saudades demais da década passada! 😭
 
Sobre a temporada de 2010-2011 de “Malhação”:
  • Os vlogs estavam começando a ganhar popularidade naquela época, inclusive havia uma personagem (a Duda!!!) que gravava vídeos curtinhos pro blog dela; 
  • Internet no celular? Nada disso! WhatsApp? Na-na-ni-na-não! As pessoas mandavam SMS avisando sobre festa e fofocas; 
  • Luan Santana estava explodindo na mídia como um meteoro (amei o trocadilho, desculpa!); 
  • Os personagens eram gente como a gente, sabe? Não pareciam modeletes que saiu de alguma agência, tampouco eram apadrinhados por algum ator da Globo.
 

 
Ai, ai, Gabi. Só quem viveu sabe o quanto a década de 2010 foi especial. Se você também era viciado em “Malhação”, conta pra mim alguma recordação daquela época. ❤️ 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *