Tatuagem não é coisa do ‘demo’, sua louca!

minha primeira tatuagem. “todo mundo quer amar, todo mundo quer ser amado.”  Não é novidade pra ninguém que no ano passado eu fiz a minha…

by 
minha primeira tatuagem. “todo mundo quer amar, todo mundo quer ser amado.” 

Não é novidade pra ninguém que no ano passado eu fiz a minha primeira (e única!) tatuagem. Na época, eu estava morando sozinho, então, a repercussão que gerou entre os familiares foi pequena (graças a Deus!). Da mesma forma ocorreu com o meu piercing. Quando eu o furei em 2014, jurava que iriam arrancar da minha boca, porém, para minha, surpresa ocorreu tudo “tranquilamente”. 

Porém, uma prima não teve a mesma sorte que a minha e se lascou ao fazer a primeira tatuagem. Eu explico. 
Essa prima tinha um sonho igual ao meu: fazer uma primeira tatuagem que tinha como significado o amor. Então, ela decidiu fazer um cupido com 5 corações ao lado, representando as suas 3 irmãs, seu pai e sua mãe. Eu achei a atitude linda e me sentiria imensamente honrado se alguém fizesse o mesmo por mim. 
Contudo, a tatuagem da minha prima não foi bem vista por toda a família, que é constituída por muita gente de mente retrógrada/, que julgam por a aparência, sem se importar de fato com os nossos sentimentos. Ao invés de elogiaram a linda atitude da menina, faltaram foi crucifica-la na cruz, além de segrega-la totalmente. 
Outra coisa que me deixou revoltado foi o fato da minha tia olhar pra a própria filha e dizer: “não duvido nada de que esteja usando drogas também!”. Porra! Isso faz o coração de qualquer filho tremer… Não sei com vocês, mas eu me sentiria um lixo ao ver meus pais desconfiando da minha inidoneidade, como se não me conhecesse.
Infelizmente, muita gente ainda acredita naquela velha história de que quem tem tatuagem são pessoas marcadas pelo sinal da besta-fera; que é coisa do demo; que a bíblia condena tal atitude e bla bla bla. 
Já eu… eu prefiro acreditar que a tatuagem é uma forma de a gente eternizar os melhores momentos da nossa vida. Tem também aqueles que fazem por arte, sem significado algum (o que eu acho lindo e corajoso!). E, de verdade, a gente não tem que ficar dando pitaco no que o outro faz com o seu próprio corpo, né? Tem coisas bem mais importantes para nos preocuparmos e darmos a nossa opinião. 
Dessa forma, tatuagem não é coisa do ‘demo’, sua louca! É apenas uma forma que encontramos de lembrar algo bom, alegre e significativo. Simples assim. 

30 comments

  1. eu também tenho apenas uma, fiz junto com meu namorado, nossas primeiras tatuagens, tinha medo da dor então fiz uma pequena uma câmera no braço representando minha paixão por fotografia <3 E ele uma frase, fiquei com medo de mostrar pra minha família, escondi por meses, quando resolvi mostrar tive medo da reação, mais ao contrario não teve reação nem uma, minha só me perguntou o que significa, e eu respondi, ela entendeu porque sabe meu amor por fotografia, e ficou por isso mesmo, ainda não fiz nem uma outra, pois só vou tatuar algo que tenha algum significado pra mim, acho uma coisa séria afinal vou ter isso pra sempre, não quero me arrepender mais tarde.

    beijos
    entrevereviver.blogspot.com.br/

  2. Tenho uma só também, amo muito fiz há 3 anos, inspirada em Harry Potter. Mas não essas modinhas como Always ou as relíquias da morte, é bem mais legal que isso e tem toda uma filosofia por trás 😛
    Esse preconceito existe mesmo, já ouvi da minha prima que eu não vou p/ o céu porque eu tenho tatuagem (Ela aprendeu isso na igreja) XDD
    Mesmo assim, pretendo fazer outras, só me falta os dinheirinhos <3
    Parabéns pela tattoo, ficou linda
    Bjoo:***
    Nerd de Pijama

  3. Infelizmente tatuagem é um tabu por aqui. Eu vejo como arte. Manifestação de algo, sabe? O que importa é como se sente… eu não vivo sem as minhas, já fazem parte de mim e tive total cuidado de escolher imagens que não me arrependerei nunca. Principalmente, fiz com profissionais muito bons, afinal, é nossa pele… haha

    Adorei o texto!

    Beijos e boa semana!

    Amy – Macchiato

  4. Nossa, e o que usar drogas tem a ver com ter tatuagem??? Acho que eu dei muita ~sorte~ porque a minhe família aceitou numa boa e até o pessoal da igreja acha bonito (uma das freiras que auxilio nas missas até curtiu a foto e falou que ficou linda, juro! heh)
    Um beijo.

  5. ficou mesmo divinal, Adri 😀 Se realmente fizeres depois quero foto, pode ser!? 😛

    partilho da mesma opinião 😛 neste momento ja tenho duas e já estou a pensar na terceira 😀 quem faz a primeira vicia ;D

    NEW DIY POST | DIY: Sleep Mask
    Instagram ∫ Facebook Oficial Page ∫ Miguel Gouveia / Blog Pieces Of Me 😀

  6. Ainda não fiz minha tatuagem, mas esse ano sai haha Por sorte, sei que minha família não se importará porque minha mãe é bem de boa e meu pai, apesar de não gostar, brinca que antes de eu fazer eu tenho que mostrar para ter a aprovação dele hahah Por incrível que pareça, minha mãe odiaria se eu fizesse algum nome de familiar ou algo do gênero, rs. Sei que ela pensa nisso talvez pensando no fato de que eu devo fazer algo para mim, que eu goste. Tenho pessoas com pensamentos passados na minha família também, mas é todo mundo um pouco doido então essas diferenças nem contam muito nessas horas porque não serei a primeira e nem a última da família a ter tatuagem. Adorei seu desabafo haha Infelizmente muita gente ainda tem esses pensamentos de que tatuagem é coisa de gente ruim :/ Beijos!
    porbrunareinert.blogspot.com.br/

  7. Não quero ser ofensiva mas tenho que xingar essa mulher. N-A-D-A a ver associar uma tatuagem com drogas. Quem deve usar drogas possivelmente é ela por dizer isso para a sobrinha que fez uma tatuagem com um significado LINDO pra família.
    Ainda bem que você não teve o mesmo problema, porque ninguém merece ter alguém dando opinião do que você deve ou não fazer no seu corpo. Cruz credo.
    Beijo,
    paraisodemenina.blogspot.com

  8. Eu não tenho nada contra tatuagem, até acho legal! Eu acho que assim: se você gosta de tatuagem e quer fazer uma, faça. Não tem nada de errado nisso, não é mesmo? Agora, se você não gosta, não faz ué! Só respeitar quem gosta e acabou.
    Beijos,
    Julie | juliechagas.com/

  9. Eu não tenho nada contra tatuagem, até acho legal! Eu acho que assim: se você gosta de tatuagem e quer fazer uma, faça. Não tem nada de errado nisso, não é mesmo? Agora, se você não gosta, não faz ué! Só respeitar quem gosta e acabou.
    Beijos,
    Julie | juliechagas.com/

  10. Quando eu fiz minha primeira (e também única tatuagem) (até agora), eu estava em intercâmbio e escondi o fato até voltar pra casa. Minha mãe não curtiu muito, mas ela já imaginava que eu iria fazer. O resto da família encanou por um tempo, mas já acostumaram.
    Beijos
    Balaio de Babados

  11. Seus títulos são os melhores hahaha.
    Bom eu sou cristã apostólica, e cresci ouvindo que era errado marcar o corpo, e até ser maior de idade não tinha opinião alguma formada sobre isso. Então depois de casada e com a cabeça adulta meditei na palavra de Deus e naquele famoso versículo que religiosos usam para defender que isso é pecado, e minha mente não me acusou em nada, então fui lá e fiz, sem drama, sem arrependimentos e sem me importar com o que os outros diriam.
    O problema dos religiosos é que eles se apegam nos "pecados" alheios e esquecem de olhar para o próprio.
    E que triste saber que sua prima foi condenada por um gesto de amor, lamentável. Mas ainda bem que as gerações de hoje estão quebrando os tabus.
    Como sempre amei o post.
    Beijo

    tecontopoesia.com

  12. Eu sei exatamente o que a sua prima sentiu. Sério. Acredite ou não, mas eu já tive um piercing no septo e tive que tirar, expliquei tudo em um post: bit.ly/1PDXhWJ < todo o meu sentimento naquela semana, foi horrível. Engraçado que com a minha tatuagem, não fizeram tanto escândalo como fizeram com o meu piercing, acho que é porque a tatuagem realmente não tem como tirar aí eles nem tentaram fazer pressão, já com o piercing foi mais árduo. Enfim, só lendo lá pra entender. Infelizmente o pessoal das antigas, vulgo meus pais e meus avós, ainda pensam que tatuagem é coisa de presidiário, bandido e etc :/ e o pior que não podemos e nem conseguimos mudar a opinião deles, é difícil.

    Beijos!
    likeparadise.com.br

  13. Eu não me conformo com o preconceito que as pessoas ainda têm em relação a tatuagem. Já associam com um comportamento ruim, é um absurdo.
    Eu tenho muita vontade de fazer uma e já imagino que algumas pessoas da família irão torcer o nariz. Mas, não posso deixar de fazer minhas coisas por conta da mente fechada de outras pessoas.
    Só preciso decidir em que parte do corpo quero fazer, isso pra mim é o mais difícil hahaha

    Beijos!

  14. Sempre tem um parente chato, isso é um saco! O duro é quando esse parente é seu pai ou sua mãe, além de ser um saco é triste… Fico triste pela sua prima, mas infelizmente tem gente assim, que pensa dessa forma ridícula e vê coisas ruins em tudo… Mas o corpo é nosso e a gente faz o que quiser com ele, né? Eu sou louca pra fazer uma tatuagem, mas sou muito indecisa e tenho medo da dor kkkkkkkkkkkkkkkk E a sua tatuagem é lindaaaa Adriel!
    Beijosss <3

  15. Eu não tenho nenhuma tatuagem ainda, mas quero fazer algo bem simples, mas que me deixe feliz todas as vezes que vê-la. Minha mãe acho que não ficaria falando tanto se fizesse, ela só não concorda pelos motivos dela. Enfim, mas ficar julgando quem faz, não concordo também, e logo o ato da sua prima que pra ela representava muito, foi uma situação bem desagradável!
    Abraços

    ricknegreiros.com.br

  16. Eu também fiz tatuagem, mas no meu caso foi tranquilo, não houve julgamento. Acho horrível esse pensamento de alguns mais velhos em relação à tatuagem, mas é aquele ditado "vamos fazer o que?" haha. A minha tatuagem é de uma coroa, tem um significado especial pra mim. Gostei da sua. Pretendo fazer outras, e você?

    Tá rolando uma promoção valendo 9 livros no meu blog. Participe!

  17. Oi
    coitada da sua prima, eu tenho vontade de fazer uma delicada algum simbolo ou alguma coisa referente ao mundo literário, sei que doí por isso não faço, mais se eu fizesse eu iria escutar um monte da família do mu Pai, por serem muito religiosos olham com cara torto, minha prima fez e eles falaram mais acho que se fosse comiro eu iria ser detonada.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

  18. Sou apaixonada por tatuagens e minha família já está ciente que vou fazer várias. Lógico que rola um preconceito, não nesse nível da família da sua prima, mas rola. Só que aprendi a ignorar isso. Se a gente ficar se preocupando com julgamentos assim, acaba não fazendo nada quer, né?
    Beijos!

    lesobrinho.blogspot.com

  19. Olá, Adriel.
    Já é ruim o preconceito, imagine dentro da família então que deveria ser quem nos deve apoiar em tudo. Eu tenho uma amiga que fez junto com a irmã dela, as duas iguais e achei super legal. Eu não faria porque mudo de ideia muito rápido e dai já viu né? hehe

    Blog Prefácio

  20. Cara passo por isso de ter medo da reação da família, eles são daqueles bem caretas, já adiei várias vezes, mas eu aprovei no vestibular esse ano e queria eternizar essa alegria na minha pele, já estou abstraindo desde agora qualquer comentário que eles venham a fazer…

  21. Não tenho nenhuma tatuagem (ainda), mas pretendo virar um gibi hahah E sei que minha família super conservadora vai odiar e me julgar muito, but who cares? hhahh Não consigo entender porque tatuagens são tão mal vistas. Enfim, AMEI sua tatuagem!!

  22. Eu não tenho tatuagem porque não acho que combina comigo, mas também não vejo motivo pra condenar alguém que tenha uma. Já fiz um post sobre tatuagem e teve uma repercussão bacana! Acho que exige muita coragem pra marcar algo permanentemente na sua pele, e acho muito legal quando tem um significado especial pra pessoa!
    Que pena a família não ter entendido a atitude da sua prima, afinal foi uma linda homenagem.
    Aliás, muito bonita a sua!
    Beijo

  23. A reação de toda família é diferente. Eu sempre pensei em fazer várias coisas que eu queria, e que eu sabia que teriam a aceitação complicada, já quando estivesse financeiramente independente. Quando eu fiz minha primeira tatuagem, eu já morava sozinha, então o "choque" foi meio silencioso lá em casa. Hoje todo mundo é acostumado. Quando eu fiz lá pra terceira ou quarta, meu pai já perguntava se eu tinha me riscado mais e foi tranquilo. Tudo sempre foi muito respeitoso, dos dois lados. Eu nunca quis fazer nada pra chocar ninguém, e acho que por isso que fui respeitada quando apareci com meus riscos. Já vão fazer dois anos que não fiz tatuagens novas. Seu post já me fez sentir saudades ♥♥

  24. Tenho vontade de fazer uma tatuagem eternizando algo ou um momento importante da minha vida. Fico chocada de ver que em pleno século XXI, ainda existem pessoas dentro da própria família que não apoiam a tatuagem, como é o caso da sua prima que fez uma bela prova de amor.
    Beijos

    luadefevereiro.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.