Sobre ser um blogueiro desconhecido…

Até hoje eu lembro do final de semana em que criei o Não me venha com desculpas. Estava em casa, sozinho e no tédio, quando…

by 
Até hoje eu lembro do final de semana em que criei o Não me venha com desculpas. Estava em casa, sozinho e no tédio, quando resolvi criar um cantinho pra compartilhar um pouco sobre a minha vida, ainda no ano de 2011. Naquela época, eu queria escrever algumas redações/artigo de opinião pra me preparar pro vestibular. No fim, a blogosfera acabou sendo o meu meio de refúgio e desabafo. 
Minha intenção até hoje não é ganhar na internet fama, seguidores e bla bla bla. Nunca fui desesperado por isso. Como eu já disse em todas as minhas redes sociais, meu blog é feio com amor e por amor. Porém, fico tão chateado quando vejo a luta desenfreada dos blogueiros por popularidade, parcerias… 
Não serei hipócrita em dizer que nunca procurei uma editora pra tentar “ganhar” livros de “graças” (na verdade, é uma troca de serviços: livro gratuito x resenha/post/banner). Já participei sim das seleções, mas nunca fui selecionado. Talvez porque o meu blog não tem um foco específico. É apenas um diário virtual e só.
Falando em nicho dos blogs, eu acho super legal quem consegue focar só em moda, livros, filmes/seriados… Sinceramente, eu não consigo. Sinto uma necessidade absurda em escrever sobre mim e o que me rodeia, então, dificilmente as editoras irão anunciar seus livros em espaços assim. Um pena, né?! Eu me sentiria tão bem em escrever resenha usando um pouco do meu bom humor, sem ser aquela coisa meio “resumo do livro + adorei, gente!”.  Mas, né, vamos continuar por aqui desembolsando dinheiro pra ler, afinal, a leitura é uma das melhores coisas dessa vida. 
Eu também nunca procurei loja parceria, tanto é que não tem banners aqui no blog. Sei lá… Eu só quero mesmo compartilhar as minhas histórias e fazer com que os meus (poucos) leitores se identifiquem com as tretas, vendo que  que nem sempre certas coisas significam o fim do mundo, por isso eu tento sempre encontrar o lado bom em tudo. 
Enfim… Um texto sem pé e cabeça só pra dizer que eu sou tão grato com quem tira um tempinho pra me mandar mensagem no Facebook, Twitter e aqui no blog elogiando os meus textos. Vocês não sabem o quanto isso me faz bem. 

Isso não é um discurso de celebridade, pois o contador de visitas do meu blog sempre me acorda quando penso que tô famosa, pronta pra entrar na casa do BBB e espalhar o meus brilho brilhoso.

 Um beijo!

30 comments

  1. acho ótimo isso, também foi por isso que criei o meu blog, pra falar de tudo, escrever que é uma das coisas que maia amo, e olha eu adoro o que faço, e acho que isso que é importante né Adriel? amar o que faz, sem se importar com dinheiro status e bla bla bla

    entrevereviver.blogspot.com.br/

  2. Imagina tu no BBB? que bafooooooooooooooo, não curto BBB, mas eu ia assistir hahah ó/
    Olha, é muito legal a sua iniciativa do blog, falar sobre você o que te rodeia, até porque ás vezes achamos que somos os únicos que passamos por tal coisa e tem milhares de pessoas que passam também.
    Para ser franca eu acho um pouco absurdo essas pessoas que já querem entrar logo de cara e ter fama, para ter fama e sucesso precisamos fazer nosso espaço, ter esforços e então alcançar nossos objetivos.
    E olha, também já fiquei louca para ganhar alguns livros de graça. haha
    kkkkkkkkkkkkk
    Seu blog é maravilhoso, falo do fundo do coração, adoro cada postagem sua, suas histórias, continue com ele porque não sei o que é de mim sem ele não. rs
    To ligada direto.
    Um grande bjoooo.

    jayhanadenardi.blogspot.com.br

  3. É uma pena as empresas não procurarem gente como você que leva tudo no bom humor, eu também criei meu blog para isso e cada dia falo sobre alguma coisa, porque afinal também sou tudo de um pouco não tem nada que me define, gosto de falar sobre meu dia e sobre coisas que gosto, é assim… se algum dia eu ficar famosa é uma maravilha, mas se eu nunca ficar vou ter meus textos e saber que minha vida foi uma maravilha mesmo com tantos altos e baixos.
    Um grande beijo!

  4. Ahhh seu blog é mó viciante, saiba disso!!!!
    Essa vida de blogueiro é engraçada mesmo, quando a gente vê já fica viciado nisso (eu tinha um a uns anos atrás, voltei agora do nada e tô gostando).

    Mas acho vc famoso!!!! o/ E blog sem foco numa coisa só é bem melhor, sei lá as vezes focar em um só tema enjoa um pouco os leitores rsss aqui sempre tem coisa diferente 😀

    ❥Blog: amigadelicada.com

  5. Ai, que fofinho você, sério.
    Só pelo agradecimento e por toda a gracinha que é esse texto, deixo aqui o meu elogio: amei, tive vontade de te dar um abraço. <3

    blogdeclara.com

  6. This: "Sinto uma necessidade absurda em escrever sobre mim e o que me rodeia". Engraçado, o primeiro post do meu blog foi sobre seriado, eu queria focar nisso e em moda, mas acabou que meu blog virou uma loucura: faço resenha de produtos, já falei de livros (sempre da área de moda), filmes, séries, looks, moda, comportamento, textão, viagem… Uma miscelânea mesmo. Simplesmente não consigo focar e ser só uma, eu sou várias e cada fase estou mais assim ou mais assado. Mudo muito e como meu blog já tá quase completando 6 anos, ele passou por muitos momentos ao meu lado e suportou diversos conteúdos que representavam cada época. Enfim, achei interessante esse teu post, porque por mais que não busquemos o sucesso, ele seria ótimo. Seria ótimo receber algo em troca, ser reconhecido… Não digo de fama ou rios de dinheiro, mas o básico, pra fazer com mais amor e satisfação ainda, sabe?

    Beijos
    brilhodealuguel.com

  7. E tu, mocinho, não sabe o quanto seus textos me fazem rir e pensar, viu? Acho que, no final do dia, o que é realmente importante são aqueles comentários elogiando o post, né? Eu me sinto assim, pelo menos. Coloquei o Adsense no meu blog há uns dias, o blog foi aprovado e tudo mais, mas sei que não ficarei em função disso, sabe? Se um retorno em forma de dinheiro vir, tudo bem, mas se o meu único retorno for os comentários e as visitas dos meus leitores queridos, tudo ótimo também. <3

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

  8. Hauhauahahauahuahauhau! Adorei o texto! Sério mesmo!
    No final, blogar é mais isso mesmo. É ter um cantinho pra você falar o que quer sem se preocupar com as coisas.
    Continua assim!
    🙂

  9. Teu blog é ótimo, amo ler os teus posts e sempre dou risada com eles, o que é ótimo. Realmente é uma pena que as empresas não procurem blogs assim, mas são os que mais se diferenciam do resto.
    Eu tento focar em algumas coisas no meu blog, mas não conseguiria ter um blog que fala somente sobre livros, por exemplo. Temos tanta coisa para abordar e acho que é legal quando temos de tudo um pouco.
    Beijos =)

    letrasnagaveta.com

  10. Oi!

    Eu também nunca consigo parceria por causa disso. Acho que a minha coluna "Diário da Raposa" é um dos fatores que devem afastar as editoras. Na verdade, parece que hoje em dia eles só procuram blogs que estão cem por cento focados em divulgas os lançamentos e não fazem mais nada além disso. Acabamos trabalhando de graça, porque o que fazemos vale muito mais do que um o dois livros por mês, pode ter certeza disso!

    Beijos

    ooutroladodaraposa.com.br

  11. siiiim. eu não busco na da disso, mas um dia vier, venha com tudo pq eu to de braços abertos pra fazer ainda com mais vontade o que amo. 🙂

  12. Eu sempre fui o contrário: fiz questão de ficar na zona do flop blogueiro, hahaha. Só que ultimamente, sei lá, o fluxo de pessoas lendo o blog aumentou e vi que isso é bom também.
    Na verdade enquanto for feito com amor e da maneira que a gente que é bom. Pode ser que essa maneira muda? Pode. Nesses quase 12 anos on line meu blog já mudou tanto… Mas isso tem que vir da pessoa que escreve, você mesmo disse: não vale a pena deixar de gostar do que se faz só pra fazer algo que nem é o que você quer fazer.
    Não sei se fez sentido, mas em resumo concordo com tudo, hahaha!

  13. EU AMO SEU BLOG ♥
    Sério, a cada texto eu amo mais HAHAHAHAH!
    Eu também sou como você, queria focar em algo, mas sinto essa necessidade de falar de mim, falar o que eu penso e o que acontece em minha volta.
    Desde que criei meu blog eu passei a visitar apenas blogs pequenos e desconhecidos, nunca mais fui em blogs já consagrados, não porque eu não gosto mais deles, mas porque sinto que os blogs menores estão mais próximos de mim, existe uma reciprocidade. E eu também penso igual a você, tenho um blog porque gosto, não pelas parcerias, fama e grana, se vier ótimo, mas o amor é maior hehe!
    Parabéns pelo texto e sucesso <3

    heyimwiththeband.blogspot.com.br/

  14. Finalmente alguém falou e tá dito hahah, acho que a beleza do blog é fazer por amor e pra conhecer gente que se identifique com nossos gostos, não postar sobre qualquer coisa de qualquer jeito por um milhão de visualizações e ter a cobrança de nunca parar de postar. Tudo que é feito com amor é mais sincero, né? Acho que essas coisas de parceria vem com o tempo se você se deixar receber isso, seria bem interessante se as editoras mandassem livros para blogs de todo tipo resenharem né? Opinião sincera vale mais que elogio falso, só acho hahah
    Sucesso com esse blog lindo.
    Beijão, <3

    vitrolacult.blogspot.com

  15. Esse final pra me fazer rir kkkkkkkkkkk
    Eu até já pensei em pedir parceria pra livros, mas eu tenho poucos seguidores, com certeza não seria selecionada 🙁 E hoje eu penso que eu nem teria tempo pra ler os livros e ia ficar super estressada kkkkkkk Então foi melhor mesmo eu ter ficado na minha!
    Seu blog é ótimo, tem muitas curtidas no "feice", amigo. O importante mesmo é isso, não ter obrigação, ser feliz e fazer do seu canto um lugar onde se sente bem e à vontade, o resto é consequência 🙂

    Beijos!

  16. Olá, Adriel.
    Eu fui parceira de várias editoras o ano passado e se quer saber eu dei graças a Deus de não ser mais esse ano. Claro que tem aquelas que a gente fica muito feliz de poder divulgar e ler os livros. Mas sinceramente eu estava esgotada e sem liberdade de escolha para ler e para publicar no blog. E sem falar que tem editora que ainda vem reclamar porque você não gostou do livro. Então viva a liberdade hehe.

    Blog Prefácio

  17. Lendo seu post lembrei de quando criamos o nosso blog, o pensamento de "oba, livros de graça" vem com certeza na nossa mente, mas com tempo descobrimos que além de não ser tão fácil assim um blog é muito mais que isso, você conhece pessoas que realmente se importa com o que você tem para compartilhar, pessoas que realmente lê o seu post, além de descobrir pessoas com gostos parecidos e várias coisas novas que às vezes nem imaginávamos!
    Gostei muito do seu post e claro do seu blog também!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter – @blogemcomum / Insta – @blogemcomum / Fanpage Em Comum

  18. Olá, Adriel. Tudo bem?
    Postei no fim do ano passado no grupo do meu blog no Facebook um meio que desabafo sobre parcerias.
    Iniciei um debate sobre isso porque eu acho que parceria com editoras deve ser mais do que ganhar um livro em troca de um post.
    E ter parcerias com qualquer editora apenas para ganhar livros não é bom nem para o blogueiro, nem para a editora. Tanto que este ano "perdi" várias delas e estou feliz com isso.
    O seu blog é pessoal e sua característica é escrever sobre o que quer quando quer, sem ninguém te cobrar prazos. Este é o seu prazer, o seu hobby.
    Não vou dizer que ter parcerias é ruim, porque não é. Ganhar livros é muito bom, mas você precisa medir até quando isso vai te deixar feliz.
    PS: ser um blogueiro desconhecido é a melhor coisa que existe. Não queria viver na pele da Bruna Vieira nunca.
    Bjuxxxxx

  19. identificação em tantos trechos que nem sei! as vezes eu me policio muito e tento me segurar para não falar tanto de mim no blog. tento manter o lado pessoal, mas não tão pessoal assim. deu pra entender? hahaha mas se eu fosse falar em nichos específicos também não saberia dizer onde o blog se enquadra. o que vc sugere? 😀 haha

    beeijos :*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.