free hit counter

Resenha: A matéria dos sonhos

Autora: Valéria Martins Editora: Jaguatirica Ano: 2014 Páginas: 290 Gênero: Romance Sinopse: Jovem rica e mimada, Mariana sofre uma imensa decepção amorosa às vésperas do…

by 

Autora: Valéria Martins

Editora: Jaguatirica
Ano: 2014
Páginas: 290
Gênero: Romance

Sinopse: Jovem rica e mimada, Mariana sofre uma imensa decepção amorosa às vésperas do casamento e cai em depressão. Seu irmão aventureiro a incentiva a empreender uma viagem a Chapada Diamantina, na Bahia, a fim de espairecer e encontrar um novo rumo. Lá ela se depara com paisagens belíssimas, conhece um modo de vida bem diferente do que estava acostumava, envolve-se com o guia turístico Alex e desfruta a verdadeira amizade com Claudia, menina maluquinha a quem o destino a uniu para sempre. A matéria dos sonhos é um romance sobre busca, amor, amizade e encontro.

O livro “A matéria dos sonhos” conta a história de Mariana, uma advogada que acabou de levar um pé no traseiro do seu noivo, que assim como ela, faz parte da high society no Rio de Janeiro.  
É difícil prever a reação de qualquer pessoa após o cancelamento de um casamento, né? Com o caso de Mariana não foi assim. Desde o início o leitor já pode esperar por uma volta por cima por parte dela, mas, ninguém contava com a presença de Alex, um guia da Chapada Diamantina, na Bahia. Ele aparece na metade da história e muda completamente o rumo de tudo. 
Em determinados momentos, o leitor é capaz de torcer por o romance de Alex e Mariana, mas, como ambos são de mundos diferentes (ela de família rica/ambiciosa e ele conformado com a vidinha pacata no interior), nada vai muito longe, pois o amor parece que não existiu. No máximo uma paixão rápida e passageira.  
Entre o relacionamento rápido de Alex e Mariana, aparece Claudia: uma cineasta completamente engraçada e determinada. Aqui vai os meus parabéns à escritora por ter caprichado bastante na personagem secundária, dando muito ênfase em sua vida. Sem dúvida alguma, as histórias de vida de Claudia são bem mais interessantes do que as de Mariana. 
Em outras palavras: a temática do livro trata justamente sobre a possibilidade da gente se reinventar, mesmo diante de todos os problemas que surgem no nosso caminho.

“É preciso encarar com alegria e entusiasmo os desafios da vida, e ultrapassar cada obstáculo sabendo que haverá outro, e depois desse mais outro, e que estamos aqui pra isso.” (pág. 95) 

30 comments

  1. Oi Adri, me interessei pelo livro, e fiquei mais feliz ainda por ser brasileiro. ó/
    Tem ele impresso não?
    Gosto mais de ler impresso kkkkk
    Bjs.

    jayhanadenardi.blogspot.com.br

  2. A escritora tem outros livros (inclusive impresso), mas "A matéria dos sonhos" é só e-book mesmo. infelizmente. eu tbm não curto muito e-books, mas esse valeu super à pena. 🙂

  3. Eu estava em outro blog, comentei por lá, mas acho que o comentário foi ai também, rsrs enfim, caso ocorro um comentário errado aí apaga rsrs.
    Eu não conhecia esta escritora não, pelo que vc leu o romance dos dois parece meio improvável. mas a temática viagem e descobertas muito me desperta a atenção
    charme-se.com/

  4. Pelo pouco que você falou da Claudia já gostei bastante dela. E adorei a temática do livro, da possibilidade da gente se reinventar, tem momentos é que é disso que a gente precisa ler.

    Bjs
    oh, wow, lovely ❁

  5. Não me interessei tanto pelo livro, uma pontinha de curiosidade apareceu quando li a parte da cineasta, mas no geral não sei se lerei o livro.

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

  6. olha, to curtindo o tanto que resenhas recentes que tenho lido de histórias diferentes/atuais de escritores nacionais! 😀 parece que tá sendo um bom momento da literatura nacional! beeijo :*

  7. Nossa, a história parece bem diferente dos roteiros comuns e isso já me chamou atenção. Que legal que ela pensou numa personagem secundária com mais "vida". Bem bacana a indicação, obrigada <3

    Beijos
    brilhodealuguel.com

  8. Oi oi, tudo bem? Gostei bastante, me interessei em ler esse livro, e acho muito bom darmos sempre espaço para escritores brasileiro, tem sempre história tão maravilhosas!

    Um super beijo,
    Carol.

    Lendo Distopias

  9. Já ouvi falar tão bem desse livro, acho a premissa superfofa. É mesmo importante saber a hora de se reinventar e recomeçar. Adorei a resenha!
    Beijos.
    virandoamor.blogspot.com.br/

  10. eu não leio muito literatura brasileira, mas confesso que esse livro me instigou, adoro essas histórias que as pessoas tem que se reinventar, subir na vida do zero de novo.
    vou ler!
    beijos

  11. Achei fofura pura a estória e adorei a resenha por falar sobre a linha que leva para as principais lições, mas sem tirar os gostos das possibilidades do que podemos esperar! Estou super curiosa e vou procurar ler. PS: Adoro o fato de que seu humor único é sempre cabível em todos os posts!

    SEMQUASES.COM

  12. Ei, tudo bem? Eu adorei a história, principalmente por se passar aqui no Brasil. Confesso que não é sempre que leio literatura brasileira e quando leio sou obrigada pela escola, mas esse livro me chamou muito a atenção, talvez pela forma que a garota agiu depois de levar um pé na bunda.
    Beijos, Bunny and Sara

  13. Acho que se eu fosse abandonada quase a beira do altar eu ia fazer o mesmo que ela. Nada como uma viagem sem rumo para colocar a mente no lugar!

    ❥Blog: amigadelicada.com

  14. Esse livro tem sido bastante elogiado pelos blogs. A Vivi do meu leu e curtiu a leitura. Eu acabei não me interessando muito por ele.
    Beijos
    Sil – Estilhaçando Livros

  15. Olá Adriel, tudo bem ???
    Já tive a oportunidade de ler uma outra resenha desse livro, e confesso que apesar de ter achado a premissa interessante, a história não conseguiu me convencer. Normalmente não tenho o costume de ler livros como esse, já me vi reclamando de diversas histórias sem nem mesmo conhecê-las bem, tenho alguns probleminhas com o gênero e não posso negar, rsrsrs. Sou um pouco rabugenta.
    Mesmo assim, acho que quem curte o gênero vai curtir a história !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

  16. Só estou vendo gente falando tão bem desse livro que fico cada vez mais ansiosa para lê-lo, ainda mais por ser de uma autora brasileira e se passar em um cenário tão brasileiro também! Adorei a resenha e só me deixou ainda mais na vontade de ler, já está na minha lista de leitura e mal posso esperar para devorá-lo haha
    Beijos!

    obstrelando.com

  17. Babando MUITO na capa desse livro, que delicadeza!
    E gosto desse tema (porque já passei algo ligeiramente semelhante: meu namoro anterior acabou no dia em que íamos assinar o contrato com o fotógrafo do casamento, acredita?).
    E sou MUITO a favor de apoiar autores nacionais… inclusive quero ir atrás de parcerias com autores iniciantes porque é uma forma incrível de divulgação para ambos, né?
    Beijo, Adriel!

  18. que bom que tu gostou, Sara. eu não leio muito tbm a literatura brasileira, mas esse ano decidi focar mais no produto do nosso país. to adorando. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.