free hit counter

#RetroAnos2000: a saga pra ter computador em casa

Não lembro exatamente do dia em que chegou em casa o meu primeiro computador comprado pelos meus pais. Faz muito tempo! Lembro bem de momentos…

by 
Computador das antigas. Bons tempos.

Não lembro exatamente do dia em que chegou em casa o meu primeiro computador comprado pelos meus pais. Faz muito tempo! Lembro bem de momentos usando-o, tais como ao instalar a impressora, gastar todo o cartucho de tinta ao imprimir imagens em papel fotográfico e até mesmo de criar capas de revista no Photoshop.

As memórias que guardo são especiais e de um tempo em que eu era inocente, adolescente e muito feliz. Porém, pra ter o meu primeiro computador, foram necessários anos de insistência aos meus pais.

Tudo começou quando os meus vizinhos compraram um computador. Eles foram os primeiros da nossa rua a ter um PC com internet discada e tals. Eu achava aquilo muito chic e aproveitava horrores os fins de semana, já que a internet era liberada e “de graça”. Eu já tinha toda a programação do findi na cabeça: depois das 12h, #PartiuCasaDoRafa jogar e ficar no Bate Papo Uol.

Depois de algum tempo, outros vizinhos da rua foram comprando seus computadores e eu continuava na insistência aos meus pais. Depois de muita luta, meu pai resolveu conversar com o chefe dele pra comprar um PC da Dell e ir descontando do salário aos poucos. Comprando pelo CNPJ da empresa saía mais barato e o patrão topou. Pronto! Grande conquista do pequeno Adriel! Agora era só esperar uns 15 dias a distribuidora trazer o equipamento.

Como já disse, não me recordo do dia em que o computador chegou, mas eu lembro do meu sentimento daquela época. Estava no 2º ano do ensino médio, tempo em que tinha que fazer muito trabalho, ir à escola várias vezes na semana pra ficar no laboratório de informática… Acho que meus pais ficaram com dó de mim e fizeram esse esforço. Só gratidão por isso!

Contudo, só ter o computador em casa não adiantava, né?! Como eu faria as pesquisas no Wikipédia ou no Yahoo Respostas?! A solução encontrada foi ir à escola fazer a pesquisa e finalizar o trabalho em casa. Eu até curtia me reunir com os meus amigos, que também não tinham internet em casa, somente o PC. Ou seja: nada da gente ficar no MSN ou Orkut todo dia. A gente só mexia na escola mesmo, depois de descobrir como desbloquear os sites. Eu aproveitava até pra ver o resumo de Rebeldes e Malhação. 😄

Até ter internet em casa foi mais uma longa batalha… Não éramos (e não somos) ricos. Meu pai não podia fazer muitos compromissos com o salário, já que tinha que comprar comida, pagar as contas e etc. Naquela época a internet não era tão acessível como hoje. Outro dia falo por aqui como consegui… 😉

4 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.