O curso de Direito é bom?

Tudo começou lá em 2011, quando terminei o ensino médio aos 16 e decidi que me daria um ano de “férias”. O ano de 2012…

by 

Tudo começou lá em 2011, quando terminei o ensino médio aos 16 e decidi que me daria um ano de “férias”. O ano de 2012 bateu a porta, todos os meus amigos já estavam numa faculdade e eu com ~invejinha branca~ por não ter entrado ainda no ensino superior.

A desculpa é que não havia jornalismo/publicidade/psicologia na minha cidade… Então, apareceu a oportunidade estudar Direito. E lá fui eu! Antes de completar 18 anos, estava entrando numa faculdade que era referência na cidade/estado/país e dando boas-vindas ao mundo jurídico. Ainda me questiono se foi uma boa escolha…
Prestes a apresentar TCC, fazer o exame da OAB e concluir as últimas matérias, cheguei à conclusão de uma coisa: gosto de desafios!

Estudar Direito nunca passou pela minha cabeça. Sempre curti escrever, criar, ouvir pessoas… Nada tinha relação com o mundo jurídico! Na verdade, sempre achei o curso voltado pra gente determinada, forte e que tinha o dom da persuasão. Ou seja: nada que combinava comigo, pois sou cagão e mó vergonhoso em público.

Mas eu fui! Com a cara e coragem, comecei a faculdade!

Períodos

No 1º período reprovei em duas matérias, uma delas Direito Civil (a principal do semestre que eu hoje eu amo pra caramba!). No segundo eu passei em todas. No terceiro idem. No quarto… Também! No quinto veio a decepção com o curso…

Direito Penal não é pra mim, já coloquei isso na minha cabeça. Aquelas milhões de teorias não me ganharam ainda. Mas, pra eu formar, terei que aprender a gostar. Ou pelo menos fingir pra mim mesmo.

Do quinto período em diante, sempre fui ficando em Processo Penal e matérias voltadas pra essa área. Não entra na minha mente as teorias, sabe? Nunca quis estudar Direito, quem dirá Penal. Mas eu entendo: um bom profissional tem que saber  pelo menos o básico de cada área…

O curso  

Diferente do que eu tinha em mente, Direito é um curso muito bom! Mesmo tendo dificuldades com a área penal, aconselho o estudo a todos.

Mais do que estudar sobre normas e bla bla bla, o curso nos possibilita olhar pro ser humano não apenas como itens terrestres, mas pessoas que dispõe de direitos e deveres; seres que devem ser tratadas de formas iguais, tendo sempre o cumprimento do devido processo legal e princípios muito importantes para a resolução de conflitos.

Além disso, aprendemos sobre como lidar com os problemas diários, seja no trabalho, em casa, com o governo… Enfim, em todas as áreas da vida!

São 5 anos que passam muito rápidos e nos deixam uma carga enorme de aprendizado e vontade de exercer a profissão, seja como advogado ou nos demais cargos que os bacharéis podem atuar.

Recomendo muito, mesmo me decepcionado com algumas coisas (leia-se professores!).

2 comments

  1. Como professora, o final do seu post me deixou triste, ainda que eu possa imaginar o porquê de você ter dito isso.
    Espero que você tenha sucesso qdo se formar ♥ e que consiga trabalhar na área que mais goste do Direito.

    Beijos,

    algumasobservacoes.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *