free hit counter

Relato do dia em que conheci alguém no Tinder

Boa sorte nos seus primeiros encontros, porque eu já desisti de date pelo Tinder.

by 

Já faz um tempo que desinstalei o Tinder do meu celular. Num passado não tão distante, eu vivia instalado e depois excluindo, quando percebia que tudo era muito superficial e um match não era sinal de que algo iria acontecer.

Na real, era só uma tentativa de preencher o ego e me sentir “desejado” por alguém.  

Mas eu já tive boas (ou não) experiências no app de relacionamentos. A mais recente foi com um confeiteiro, que aqui vou chamar de Rodrigo.

Depois do match, troquei algumas ideias com Rodrigo e do Tinder pulamos pro WhatsApp. A conversa rolou e era uma maravilha. Eu falava sobre mim e tinha curiosidade em saber mais da vida do dito cujo. Ele respondia e continua jogando mais coisas aleatórias sobre sua vida.

Em resumo, Rodrigo fez cursos em cidade grande e até mesmo em Paris. Era muito viajado, inteligente e com objetivos de vida bem definidos. Alguém bacana para se conhecer, né? Só que não!

Do ON para o OFF

Durante a 1h30 de conversa que tivemos no nosso primeiro encontro, o contatinho só falava sobre si mesmo. “Eu isso, eu aquilo…”. Sabe o que é um papo em que você não existe? Foi esse!

Até agora me pergunto como consegui ficar tanto tempo numa conversa sem pé e nem cabeça.

O que Rodrigo precisava naquele momento não era conhecer alguém do Tinder, mas procurar uma terapia urgente. Só assim seria ouvido e, quem sabe, passaria a ouvir o outro também.

Saí do “encontro” cansado, com a energia sugada e decidido a não usar mais app pra conhecer alguém.

DICAS

Agora, aqui vai algumas dicas pra quem tá de date marcado e vai conhecer alguém pela primeira vez:

1 – Ouça o outro com a mesma atenção que gostaria de ser ouvido.

2 – Se não entendeu alguma coisa, interrompa com educação e tire suas dúvidas.

3 – Jamais fale só sobre si mesmo. Uma conversa é você compartilhar uma experiência e ter interesse na do outro também.

4 – Não seja cuzão. Isso já define tudo!

No mais, boa sorte nos seus encontros, porque eu mesmo já desisti de date pelo Tinder. Sigo na busca de um mozão, mas, dessa vez, longe de aplicativos e desgaste mental.

6 comments

  1. O tinder é uma bomba né. No meio do isolamento, eu criei um por muita insistência dos meus amigos que viviam em call comigo. Foi péssimo kkkkkk Aparecia uma pessoa pior que a outra, e os poucos que se salvaram, acabei perdendo o contato porque não tinha como se ver, e chegava uma hora que o assunto ia morrendo, sabe?
    Depois eu vi como o app é algo superficial, e que realmente não é pra mim, daí parei de usar de vez. Nunca cheguei a ter um date com alguém que conheci lá, mas tenho uma amiga que tá até namorando, hahaha

  2. Oi Adriel,
    Uma pena que seu date não deu certo. Eu particularmente nunca usei nenhum app de encontros e relacionamentos, mas minha irmã teve algumas experiências, várias ruins, mas uma vez acabou dando certo e hoje ele é casada com alguém que encontrou no Tinder.
    Acho super válida a sua dica de não ser “cuzão” (ou cuzona), haha. Infelizmente muitos usam esses aplicativos apenas para passar o tempo ou como o Rodrigo, ter alguém para ouvi-los, é raro encontrar alguém que queira algo sério.
    Abs, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    1. aiii, q feliz q sua irmã teve uma experiência boa e rolou até casamento. acho que por lá dá pra encontrar, sim, algo bacana, mas tem que tentar muiiiiitooo. isso acontece até fora do app, né?!

      por enquanto, vou continuar distante, mas como me conheço, talvez um dia eu reinstale. #oremos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.