Eu gosto de mudanças e encerramentos de ciclos

Apesar de não ser tão apegado às coisas materiais, há algo que me faz colocar os dois pés pra trás e fazer birra.

by 

Quem é acostumado a visitar o #NVCD deve ter percebido a troca de layout, assim espero. Dessa vez, optei por um tema clean, mas com um pouco de cor. Afinal, eu sou apaixonado por cores! Não é à toa que meu primeiro trabalho como autor se chama “Nossas Cores”. Mas eu divago.

Enquanto refletia sobre como abordar essas mudanças aqui no blog, me peguei pensando sobre o quão desapegado eu sou pra determinadas áreas.

Cabelo: Sou zero noiado com cortes de cabelo. Na verdade, amo mudar. Gosto de deixar o cabelo crescer e ficar com vários cachinhos, daí vou ao salão e peço pro cabeleireiro cortar bem curtinho.

A sensação é de que deixei aquela persona pra trás e sou uma “nova” pessoa, sabe?!

Barba: Também não sou apegado, apesar de me achar extremamente gatinho com barba. Contudo, quando bate aquela necessidade de mudança, já corro pro espelho e eu mesmo tiro a “maquiagem”, me deparando com um Adriel novinho e inocente.

Roupas: A gente sempre tem aquela peça favorita, né? Eu tenho as minhas e adoro usá-las até ficar um trapo.

Porém, pra mim é super fácil entender o ciclo das roupas e doar (quando estiverem em boas condições, claro) ou jogar fora quando inutilizável. Infelizmente nem todo mundo é assim… Eu mesmo tenho uma amiga que acumula tanta coisa no guarda-roupa, mas não tem coragem de passar pra frente.

Decoração: Não sei se é culpa do meu signo (virgem), mas costumo trocar os móveis de casa de lugar pelo menos uma vez no mês. Sinto que quando movo as coisas de lugar, dá uma chacoalhada na vida e na energia da casa. Dá trabalho? Sim, mas o resultado é prazeroso demais!

Apesar de não ser tão apegado às coisas materiais, há algo que me faz colocar os dois pés pra trás e fazer birra: livros.

Simplesmente amo cuidar dos meus livrinhos e olhar pra prateleira com orgulho de todas as histórias que passaram pelas minhas mãos. Até mesmo as obras que não curti tanto ganham um espaço físico na minha casa. Não dá pra doar ou jogar fora. Representa parte da minha vida.

Logo, não costumo julgar as pessoas e o seu modo de viver. Cada um tem um motivo de ser tão apegado ao cabelo, barba, roupas, móveis de casa…

No meu caso, opto por não me apegar tanto a coisas materiais porque já tenho itens demais pra surtar. Prefiro deixar essas pra lá.

No caso do blog, me permito 1x no ano fazer as mudanças por aqui porque me trazem inspiração pra continuar escrevendo em um lugar confortável e bonito.

Então, esse é o novo layout do #NVCD! Espero que gostem das novidades que em breve trarei. 💙💛

Spoiler: talvez #vemaí um podcast.

3 comments

  1. O layout ficou lindo, amigo! 🙂
    Amei demais.

    Quanto ao cabelo, o meu cresce muito rápido – apesar dos cachos – então tbm não me importo.
    Já mudar as coisas de lugar, deve ser coisa do restante do seu mapa aushuahsa Sou virginiana tbm e gosto da rotina (o que inclui saber onde estão as coisas e mantê-las sempre no mesmo lugar! uahahah)

    Amei o post.
    Um beijo,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *