Machismo: até quando?

Infelizmente, o mundo ainda é machista e, todas as tretas que acontecem dentro de casa, sobram pras mulheres (tanto esposas quanto filhas); já os homens,…

by 
Infelizmente, o mundo ainda é machista e, todas as tretas que acontecem dentro de casa, sobram pras mulheres (tanto esposas quanto filhas); já os homens, eles continuam lá, firmes e fortes, com aqueles discursos de serem os “machos” da casa. Babaquice, eu sei. 
Ao meu ver, o trabalho doméstico e todas as obrigações de uma casa (como lavar louça, roupa, pagar conta de luz, água…) têm de ser divididas com todos os integrantes. Portanto, esqueçam aquele mimimi de que quem deve lavar louça é a mulher, enquanto o marido/filho coça saco no sofá. 
Meu pai, por exemplo, cresceu numa casa onde os homens não podiam lavar uma colher, tampouco fazer comida. Segundo ele, a minha avó não educou os filhos porque serviço doméstico era coisa de mulher. Olha que absurdo! 
Graças a Deus as coisas mudaram quando a minha mãe assumiu as rédeas de casa, me ensinando a fazer comida. Ela também me colocava pra lavar louça, limpar a casa, roupa… Logo, perceba que a minha infância não foi só brincando, mas também aprendendo o quão complicado é administrar uma casa. 

Sobre o meu pai… ele teve de aprender a cozinhar, já que quando eu e a minha mãe viajávamos, ele tinha de se virar sozinho. Só pra constar: a comida dele é ótima e até agora não o vi virando mulher só porque lavou louça ou fez comida. 

Tenho também um tio que não deixa os filhos dele lavarem louça. Ele é um daqueles machões que chega a dar nojinho, sabe? Mas é aquela história: cada um escolhe a vida que quer viver.

44 comments

  1. Concordo plenamente com você Adriel, pra mim não tem essa de isso é de homem ou isso é pra mulhere, tudo tem que ser dividido desde do trabalho domésticos até as contas da casa.

  2. ADOREI ESSE POST
    Concordo plenamente que as tarefas tem que ser divididas, e não por gênero, mas pela rotina da pessoa, não adianta também (usando um exemplo bem machista da familia eleita como a tradicional brasileira) uma mulher não trabalhar, deixar o filho na creche e querer dividir meio a meio as atividades com o homem (ou ao contrário) tem que medir, se a mulher (invertendo o exemplo) trabalha 10 horas por dia e o homem não trabalha ele tem que pegar pelo menos 80% da limpeza da casa… Deu pra entender né? Acho que seu post diz muito sobre o que vivemos atualmente e eu adorei, parabéns!

    pinkisnotrose.com/

  3. sim, Carol! tbm penso dessa forma. se a mulher não trabalha fora, é dever arrumar as coisas em casa, mas tbm não custa nada o homem dar uma forcinha, né?! 🙂

  4. sim, Carol! tbm penso dessa forma. se a mulher não trabalha fora, é dever arrumar as coisas em casa, mas tbm não custa nada o homem dar uma forcinha, né?! 🙂

  5. Adorei o post, infelizmente tem muito homem machista por ai u.ú
    Não custa nada o homem ajudar a mulher nos deveres de casa, cuidar de uma casa também é trabalhoso. –'
    Hoje podemos vê que as coisas mudaram e muito, tem homens que ajudam em casa, mas infelizmente ainda se tem muito preconceito, muito machismo. E tem homem que bate o pé, diz que não vai fazer e trata mal a mulher ainda como se fosse a empregada dele, não gosto disso, dessa grosseria. ¬¬'

    jayhanadenardi.blogspot.com.br

  6. Arrasou!! Meu pai é esse tipo de homem que não lava nem uma colher, minha avó jamais deixou que ele fizesse qualquer coisa de cama, um absurdo!
    Minha mãe sofreu muito com ele, hoje em dia ele melhorou, mas ainda faz pouquíssimas coisas. Ajudar nas tarefas de casa com certeza não deixa o homem menos homem, muito pelo contrário.
    Adorei o post 🙂

    heyimwiththeband.blogspot.com.br/

  7. Meu pai também não aprendeu com a mãe dele sobre cuidar da casa e tals, mas quando casou com a minha mãe ele foi aprendendo aos poucos e pelo menos lavar a louça e cozinhar algumas coisas ele sabe. Só não faz muito porque minha avó por parte de mãe mora com eles e ela é machista. Aí, sabe como é. Já o Rafa, a mãe dele é dona de casa, então ele não aprendeu muita coisa também. Ele até ajudava a mãe um pouco, tipo lavar a louça, mas não muito. Mas aí ele casou comigo e eu faço ele fazer tudo hahahahaha Só cozinhar que não ensino muito, primeiro porque não tenho paciência, segundo porque ele joga tudo pra fora da panela e terceiro porque eu adoro, aí não quero dividir, tenho ciumes hahahahaha Mas ele sabe se virar um pouco, pelo menos sabe fazer arroz e miojo xD E se eu tiver filhos, vou ensiná-los igual, todos fazendo suas obrigações e aprendendo a fazer tudo.
    Beijos! =**

  8. Adorei o post. Eu fico chocada como ainda existem pessoas que ensinam que trabalho doméstico é coisa de mulher, aliás que ensinam que existe coisa de mulher e coisa homem! >.<

    Beijos!

  9. Concordo que as tarefas de casa devem ser divididas. Não tem essa de tal trabalho é pra mulher e tal trabalho é para homem, creio que ambos consigam fazer qualquer coisa, independente do sexo.

  10. Meu pai também foi criado assim, lembro que a mãe dele não deixava ele fazer naaaaada, acho isso tão ridículo, essa criação tosca. Enfim, casou e minha mãe botou ele na linha HAHAHAHAHAAHAHAH Mas ele ainda dá trabalho pra ela de vez em quando, mas aí já não sei se é por preguiça ou por ter sobrado uns resquícios hahahahahaha.

    Enfim, se eu tiver um filho menino pode apostar que essa divisão entre tarefas femininas e tarefas masculinas não vai acontecer!

    Beijossss Adriel!
    amandapaduan.com.br

  11. esse lance de tratar como empregada acontece demais em várias casas que ando. tento sempre me controlar pra não falar nada…

  12. nossa isso é uma babaquice, sempre brigava na minha casa por que eu e minha irmã arrumávamos a casa e meu irmão jogava vídeo game em quanto, cansei de dar piti por isso, até que minha mãe passou a dar tarefas pra ele, como enxugar louça e lavar banheiro, mas nunca ir pra beira do fogão. Vai entender, mas graças a Deus tenho um namorido que faz tudo isso, pena a comida dele ser péssima, mas de resto ta tudo tranquilo!

    entrevereviver.blogspot.com.br/

  13. Ai, Adri, o machismo é uma questão que, infelizmente, vai muito além dessa temática de que "homem não deve trabalhar em cozinha e nem ajudar nela" e que "lugar de mulher é na cozinha", mas é sim uma das questões terríveis que vem aglomerada em tantas outras e, felizmente, é uma das que tem sido mais quebradas em prol dos direitos iguais. É algo sempre fundamental de ser discutido e que puxa diversos outros quesitos, como o fato da mulher em diversos empregos ainda ganhar menos que um homem em mesmo cargo.

    SEMQUASES.COM

  14. Aqui em casa dividimos tudo, lembro que quando tive meu primeiro filho minhas irmãs ficavam horrorizadas porque meu esposo trocava fralda, diziam que isso era coisa de mulher, um pensamento tão antiguado, mas que ainda é nossa realidade.
    E justamente por ter dois filhos homens em casa tanto eu quanto meu esposo os ensinamos desde agora que feio é ter pensamento pequeno e não ajudar em coisas simples.
    Ótimo texto.
    Beijo

    tecontopoesia.com

  15. Pior que lá em casa é bem assim também.
    Eu sou obrigada a fazer as coisas, lavar a loça, fazer comida, ajudar a limpar a casa, enquanto meu irmão fica jogando videogame.
    E quando acontece o milagre de ele fazer alguma coisa minha mãe só falta reverenciar ele por isso.
    E ela também vive criticando as coisas que eu faço tipo: não lavou a louça direito ou não tirei pó em determinado dia…
    Enfim, já tentei conversar com ela sobre isso, mas ela acha que eu estou sendo folgada se tento querer dividir as tarefas com meu irmão.
    Então tenho que lidar com isso até o dia em que puder ter minha própria casa…

    Beijos

    ooutroladodaraposa.com.br

  16. Em casa graças a Deus, as tarefas são de todo mundo, nada de machismo por aqui. Mas como a sociedade ainda é machista, em muitas casas é isso que acaba acontecendo, pais ensinando os filhos que lugar de mulher é na cozinha… Fod* né 🙁

    Um beijo,
    Quase Mineira | FB do blog

  17. Concordo totalmente com você, é uma pena que ainda existam famílias com essa ideia de que cuidar da casa é coisa da mulher. Meu pai viveu muito tempo sozinho e ainda por cima perdeu a mãe super cedo, com 14 anos, então ele teve que aprender a se virar; por isso ele sempre dividiu as tarefas da casa com minha mãe e minha irmã e eu crescemos vendo que isso é normal. 😉

  18. Onde coloca o gif de aplauso? Adorei esse post.
    Aqui em casa – graças a Deus – meu marido é super dedicado. Dividimos as tarefas, e ainda tô ensinando ele a cozinha 🙂

    episodiodehoje.com.br/

  19. Onde coloca o gif de aplauso? Adorei esse post.
    Aqui em casa – graças a Deus – meu marido é super dedicado. Dividimos as tarefas, e ainda tô ensinando ele a cozinha 🙂

    episodiodehoje.com.br/

  20. Oi Adriel!
    Bom, cara… Certamente se você acredita nisso é "porque você é gay".
    Não, essa ideia que escrevi acima não representa o meu pensamento. Mas olha… Já escutou muito isso por defender também que dentro de casa o homem pode lavar um prato e cozinhar também. Quando criança eu era discriminado pela minha família por parte de pai porque eles diziam que o fato de meus avós maternos – com quem eu moro – me colocarem pra fazer alguns serviços dentro de casa poderia ajudar a me tornar uma rapaz gay quando adulto, sem saber eles que eu já era desde os meus primeiros anos de vida.

    Enfim… Boa parte das pessoas ainda precisa abrir a mente.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    blogvidaeletras.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.