#LeituraPlanejada: livros para ler em fevereiro/2022

Como bom virginiano, aqui está mais uma ~lista~ como forma de organização.

by 

Para este mês que está iniciando agora, resolvi criar um projeto literário pessoal. No dia a dia, geralmente vou pegando livros de forma aleatória, conforme o meu humor. Porém, quero fazer esse teste com a lista já pronta para ver como me saio.

JUSTIFICATIVA

(Ok, esse subtítulo pareceu aqueles trabalhos de conclusão de curso. 😂😂😂😂).

Sou o tipo de pessoa que tem uma resistência muito grande com o abandono de leitura. Eu fico forçando até gostar, sabe? Quando isso acontece, acabo entrando numa ressaca literária e passando dias sem pegar um livro físico ou abrir o Kindle. O que me salva são as milhares de newsletters que assino e os blogs, claro. 🙏🙏

Para que fique claro, o intuito do projeto #LeituraPlanejada é me desafiar a parar quando perceber que o santo não bateu com o do autor do livro e passar para a próxima.

Abaixo, vou deixar as 4 leituras que pretendo concluir em fevereiro de 2022.

LEITURAS DE FEVEREIRO

Essencialismo, de Greg Mckeown

272 páginas. Gênero: Desenvolvimento organizacional.

Neste livro, Greg McKeown mostra que, para equilibrar trabalho e vida pessoal, não basta recusar solicitações aleatoriamente: é preciso eliminar o que não é essencial e se livrar de desperdícios de tempo. Devemos aprender a reduzir, simplificar e manter o foco em nossos objetivos.

Quando realizamos tarefas que não aproveitam nossos talentos e assumimos compromissos só para agradar aos outros, abrimos mão do nosso poder de escolha. O essencialista toma as próprias decisões – e só entra em ação se puder fazer a diferença.

Pare de se sabotar e dê a volta por cima”, de Flip Flippen

160 páginas. Psicologia motivacional

Para o psicoterapeuta Flip Flippen, quanto mais você conhece a si mesmo, melhor pode compreender sua personalidade e limitações.

O fundamental é identificar seus pontos fracos para poder superá-los e transformá-los em qualidades que gerem resultados significativos.

Neste livro, você vai descobrir os traços de personalidade que mais atrapalham a sua vida, elaborar um plano de ação e adotar medidas práticas para transformar sua vida.

21 lições para o século 21, de Paulo Geiger

432 páginas. Gênero: História moderna

Como podemos nos proteger de guerras nucleares, cataclismos ambientais e crises tecnológicas? O que fazer sobre a epidemia de fake news ou a ameaça do terrorismo? O que devemos ensinar aos nossos filhos?

21 lições para o século 21 explora o presente e nos conduz por uma fascinante jornada pelos assuntos prementes da atualidade. Seu novo livro trata sobre o desafio de manter o foco coletivo e individual em face a mudanças frequentes e desconcertantes. Seríamos ainda capazes de entender o mundo que criamos?

Confissões de inverno, de Brendan Kiely

224 páginas. Gênero: Ficção americana

À medida que sua família se desintegra, Aidan Donovan, um adolescente de 16 anos, procura consolo em estimulantes químicos, no estoque de bebidas do pai e nas atenções do padre Greg, o único adulto que realmente o escuta. O Natal chega e seu mundo entra em colapso quando ele reconhece o lado obscuro do afeto que o padre Greg lhe dedica. Confissões de inverno mostra as formas pelas quais o amor pode ser usado como uma arma contra a inocência – mas também pode, nas mãos certas, restaurar a esperança e até a fé. O corajoso romance de estreia de Brendan Kiely expõe o mal que os segredos mais profundos que guardamos podem causar e prova que a verdade liberta e abre caminho para o amor.

Esse são são os livros de fevereiro. Quer me indicar algum pra março? Só deixar nos comentários! <3

2 comments

  1. Oi, migo!
    Sua prateleira/estante está linda!

    Já li o Pare de se Sabotar e achei ele legalzinho, na época (Acho que tem resenha dele no meu blog).
    Os outros ainda não li, mas tenho vontade de ler o Essencialismo. Depois me conta o que achou! 🙂

    Um beijo e que seu fevereiro seja incrível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.