free hit counter

Escreva que eu leio e respondo

Uma leitora me mandou um email pedindo ajuda dizendo que está sofrendo por um “amor”, como muita gente passa pelo mesmo sofrimento eu resolvi responder…

by 

Uma leitora me mandou um email pedindo ajuda dizendo que está sofrendo por um “amor”, como muita gente passa pelo mesmo sofrimento eu resolvi responder seu email aqui no blog. A partir de hoje, pelo menos uma vez no mês irei responder o email de alguém publicamente, assim, a minha resposta poderá ajudar muita gente! Vamos ao email e a resposta.
Oi, Adriel. Meu nome é Geovana*, tenho 14 anos e gosto de um garoto, mas não quero namorar com ele porque não gosto de compromisso sério. Duas vezes ele me chamou para lanchar e uma vez pra jantar, eu não fui porque não quero perder o resto da confiança que tenho com meus familiares porque já abusei da paciência deles. Já não sei o que fazer, todas às vezes que ele me convidou todas recusei. Eu não gostava dele, mas com o tempo comecei a sentir algo a mais, já não é amizade. Ele gosta de mim, tenho certeza.
Mesmo se eu quisesse me encontrar com ele não daria certo, ele mora no setor da minha avó e ela não me deixa sair.
Se você fosse no meu lugar o que faria? 
*Geovana não é o nome real da garota do email.
Querida, a primeira coisa que devemos fazer numa situação como a sua é por numa balança as coisas boas e ruins que esse “romance” trará. A resolução dessa história não será fácil, mas acho que vale à pena dá uma chance a esse amor. Pelo o que entendi você gosta do garoto de verdade, sabe por que cheguei a essa conclusão? Se você não gostasse do menino não pensaria duas vezes na resposta, teria a certeza que não quer se encontrar com ele!

A coisa complica quando a família não aceita um namoro. Tente saber o motivo deles não te liberarem pra namorar, sair. Se o motivo de tal proibição é você ser muito nova, demonstre a todos que você já não é uma criança, que cresceu e agora é uma mulher. Como? Respeitando todos seus familiares, obedecendo às ordens que recebe e principalmente fazendo as coisas certas!

Se você assim como a leitora do email tem alguma dúvida, precisa de ajuda, pode me mandar um email que se a história for boa eu posto e respondo aqui. Posso não mudar sua vida, mas você estará conversando com um amigo que está disposto a te ajudar. Email – contato@naomevenhacomdesculpas.com

6 comments

  1. KKKKKK
    Menina de 14 anos não gosta de compromisso sério? Sinistro haha.

    Normal a família prender as meninas, mesmo a gente nunca acreditando, pais sempre tem razão – quase sempre-. Acho que independente de qualquer coisa ela deve manter o contato com o menino, se vão sair, se vão se beijar, se vão se ver isso não importa muito, pois se for um gostar verdadeiro mesmo, vai ser algo produtivo.

    E manda Geovana ir estudar ao invés de namorar. Quanto a familia tem que respeitar mesmo e não ficar forçando, devagar e sempre o

  2. Achei também estranho porque hoje a maioria das meninas/meninos estão começando namorar muito cedo.

    HAUAAHU Estudar, é?! Se a pessoa dividir bem o tempo dá pra namorar e estudar.

  3. 14 anos? Manda ela ler um livro que daqui a pouco ela esquece dele, cresce, a família deixa ela sair e ela vai encontrar alguém legal e que vai na casa dela pedir pra namorar.

  4. Ideia ótima, vai chover de conflitos sentimentais na sua caixa! Parabéns pela sensibilidade.
    o/ não sei se parabéns foi a palavra certa mas quis dizer que foi muito boa a sua sacada. Todo mundo tem uma história… já sofri também com essa coisa de "proibições" impostas pela família. A gente pensa que só vê isso nos filmes de época, mas tem pais rigorosos ainda hoje. Não que os meus sejam suuuper rigorosos, mas eles sempre colocaram uns limites pra mim nessa área dos encontros, sair com gente que eu não conheço direito, coisa tal. Ainda bem que eu não me irrito com isso porque se eu for fazer drama em casa vai dar briga kkkk o jeito é fazer como você disse, levando tudo na maciota qq
    (nem sei o que é maciota gent)
    Boa sorte pra essa leitora. Eu entendo o que ela diz sobre não querer o compromisso. Isso são outras palavras pra dizer que a pessoa tem medo de entrar de cabeça, gostar demais de alguém, gostar tanto que ficar sem ele seria como a dor de uma amputação. Quem disse que pra gostar não precisa de coragem? kkkkkkkkk eu mesma, posso ter perdido uma meia dúzia de "amores da minha vida" só nessa… to achando que qualquer dia vou te mandar um e-mail desses, ou meia dúzia, não sei ainda aposkpoakspo ;*

  5. Faz bem em não namorar. Na sua idade, você deveria era estar brincando de boneca. Não me leve a mal, mas uma menina de 14 não é uma mulher. Não adianta fingir que é, achar que consegue ter atitudes maduras, porque não existe relacionamento sadio que sobreviva a falta de experiência. [

    Sei que hoje todo mundo namora cedo, mas pergunte quantos namoros desses dão certo. Os meninos costumam ser mais infantis do que ja são e as meninas, ingênuas, daquelas que acreditam em promessas que nunca vão se cumprir e se deixam levar pelo 'fogo' do relacionamento, fazendo coisas estúpidas. Falta maturidade, pé no chão pra se portar de forma adulta e ter as atitudes certas que vão fazer com que o relacionamento seja feliz, sadio e progrida.

    Querida, eu desejo que você encontre sim o amor, viu? Não precisa achar que eu sou uma bruxa má, porque eu não sou rs Só que eu quero que você seja feliz, que o seu namoro vire noivado e o noivado casamento e que você e seu marido saibam conserva-lo. E isso exige certa maturidade emocional de ambas as partes! Acho que entrar em um relacionamento sem estrutura – inclusive, financeira – para leva-lo a diante não é uma boa ideia, pois você vai se machucar a toa. Não sou daquelas que acha que é melhor se prevenir a ter um coração machucado – pelo contrário, quando amo, corro atrás mesmo, e que se dane! – mas acho que da pra gente "direcionar" um pouquinho por quem e quando se apaixona. O amor é algo que acontece quando menos se espera, mas da pra gente se ajudar (por exemplo, frequentando um lugar onde os meninos estudiosos frequentem, assim vc pode se apaixonar por um cara que estuda e tem futuro pela frente) ao invés de frequentar um baile funk, tendeu? hahahaha

    Beijos Adriel, achei super bacana sua iniciativa.

  6. eu não entendi a pergunta da menina… ela n quer compromisso serio, mas gosto dele… enfim hahaha eu acho que 14 anos é muito nova pra namorar serio, eu com 22 não faço muita coisa "séria" então com 14 as pessoas deveriam querer coisas mais leves! =D

    brigada pelos comentários adri, to adorando suas visitas e seu blog!
    bjoo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.