Dica de livos em comemoração ao dia do leitor

Ontem, 07, foi comemorado o dia do leitor! Em uma rápida pesquisa, descobri que só foi possível essa comemoração graças ao poeta e jornalista Demócrito…

by 

Ontem, 07, foi comemorado o dia do leitor! Em uma rápida pesquisa, descobri que só foi possível essa comemoração graças ao poeta e jornalista Demócrito Rocha. Nessa mesma data ano de 1928, o mesmo estava lançando o jornal cearense “O Povo”. Para homenageá-lo, foi definido o dia 07 de janeiro como o dia do leitor. Nada mais justo, né?! 
Celebrando a data um pouquinho atrasado (na verdade, foi uma amiga que me lembrou lá no Twitter), resolvi pegar os melhores livros que li e postei a foto no Instagram para indicar aqui no blog.
Vamos conferir quais foram os meus escolhidos? 
Qual seu número?
O livro é muito engraçado, mais do que o filme, e conta a história de Delilah Darling, uma mulher de 29 anos que terminou um namoro recentemente. Completamente perdida e desorientada, ela também é demitida do emprego.

Lendo uma matéria de uma revista, Darling soube que a média de homens que uma mulher deve levar para a cama são 10,5 e ela já levou 19. Por isso ela toma uma decisão: o número 20 será seu futuro marido.
Resumindo: ela faz uma lista dos namoros passados e vai atrás de todos os exs. O resultado dessa volta ao passado é ótimo e nos rende boas risadas. 
 

A probabilidade estatística do amor à primeira vista
Já vou adiantando: o livro é para aquele tipo de pessoa lunática, porque as chances de acontecer certos fatos narrados são quase nulas. Ah! Toda a história se passa em apenas em um dia.

O livro gira em torno de Hadley e Oliver, que se conhecem em uma viagem dos Estados Unidos à Londres. Ela vai ao segundo casamento do pai, já ele ao velório do pai.

Durante essa viagem, os mesmos tiveram a oportunidade de se conhecerem e se apaixonarem. Ao chegarem em Londres, eles se desencontram no aeroporto e daí o resto do livro foca no sofrimento de Hadley em busca de Oliver. 

Extraordinário
“Extraordinário” foi o livro mais fofo e com a capa mais linda que li no ano passado. Escrito por uma designer (daí vem o fofo), o livro retrata a história de August, que nasceu com uma síndrome genética, cuja sequela é uma severa deformidade facial.
Por ser “diferente” das crianças de sua idade, Auggie vivia isolado em casa, tinha apenas um amigo e não ia escola (a própria mãe lhe dava aulas). Porém, vendo que a criança estava crescendo, os pai de Auggie decidem colocá-lo em uma escola “comum” para o mesmo manter contato com crianças da sua idade. 
Após chegar na escola, Auggie chama a atenção de todos, começa a sofrer bullying, mas também cativa algumas pessoas.


Feliz por nada
Martha Medeiros é uma escritora incrível, vamos combinar! Para quem não sabe, foi ela quem escreveu o livro “Divã”, que deu origem à serie de mesmo nome exibida na Rede Globo. 
Se os romances/livros da Martha são bons, imagina as crônicas?! No livro “Feliz por nada” a autora faz uma seleção dos seus melhores textos que falam sobre a simplicidade da felicidade. #rimou
Leitura obrigatória para todos que admiram as coisas mais simples da vida.
Enfim, esses foram os meus quatro livros preferidos. Quais são o de vocês? Me indiquem nos comentários. 🙂

8 comments

  1. Interessante você falar da Martha Medeiros! Tô usando um marcador de páginas que fala das obras dela e fiquei curiosa pra conhecer, acho que vou começar por essa sua indicação 🙂 thaaaanks!

  2. Eu já li "Feliz por nada", é ótimo mesmo, adoro os textos da Martha Medeiros. Fiquei interessada no primeiro livro que você indicou, ainda não o conhecia.
    Beijos

  3. Oi, Adriel!!

    Já te desejei um feliz ano novo? Acho que não.
    Então feliz 2015 pra você. Que seja doce <3

    Dos livros que você indicou, o único que eu não li foi “Feliz por nada”, da Martha. Apesar de amar todas as crônicas que já li dela, ainda não li um livro dela. Mas já coloquei esse aqui na minha lista.
    Pelo que percebi você não gostou muito de "A probabilidade estatística do amor à primeira vista", não é? Que pena, tenho um carinho especial por esse livro. Acho que na vida sempre tem esses momentos de muita coincidência que nos acontecem e gosto de pensar que essa é uma história que poderia acontecer. Sei que sou meio boba romântica, mas acho fofa. Me sinto feliz quando leio rsrs

    Abraços!
    Adorei o post, como sempre 🙂

  4. A probabilidade estatística do amor à primeira vista e Feliz por Nada são os que mais me interessam em ler e estão na minha lista hahah!
    Ano passado tive alguns favoritos como: Dama de Honra, Fiquei com seu número e Malas, memórias e marshmallows 🙂
    bjokas diadebrilho.com

  5. Eu baixei o "Fiquei com o seu número", mas até hoje tá lá no iBooks. Hahahaha. Vou aproveitar o começo de ano pra colocar a leitura em dia. Valei pelas divas, Wanessa! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.