Conheça a escritora Elizandra Sousa.

As febres de livros vampirescos passaram, mas ainda há escritores que merecem ser destacados pela criatividade. Minha amiga há muito tempo pensava em escrever um…

by 

As febres de livros vampirescos passaram, mas ainda há escritores que merecem ser destacados pela criatividade. Minha amiga há muito tempo pensava em escrever um livro sobre vampiros, no decorrer da sua vida ela foi criando a história e finalmente resolveu escrever e em breve o livro será publicado.
Como já li algumas partes do livro, e achei muito bom (é melhor que Crepúsculo, gente!), a Elizandra resolveu me entregar uma parte do prólogo pra vocês conhecerem o trabalho dela.
Prólogo:

Não sou nem um pouco comum; disso estou certa. Mais nem por isso me sinto especial, afinal, sou um monstro, mesmo que fisicamente não aparenta nada altera o fato de amá-lo loucamente. E é por isso que uma parte de mim dói ao pensar nos perigos e conflitos que tornei a vida dele a partir do dia em que passei a fazer parte do mundinho do meu amado. Tentei lutar e evitar, mas já era tarde demais, estava envolvida. Sem notar o meu sentimento tornou-se muito forte, diferente de tudo do que eu havia sentido em toda minha vida. E ainda é um mistério se esse relacionamento irá adiante…

Vamos ver o que a escritora fala sobre o livro? 
Desde pequena sempre tive paixão por livros… Logo quando aprendi a pegar gosto pela leitura, percebi que havia algo mágico nisso, o que me estimulou muito. Comecei a criar o livro aos doze anos, mas só resolvi escrevê-lo agora por pensar que não seria apoiada pelos meus pais, já que meu pai sonhava que eu fosse uma grande promotora e minha mãe uma excelente médica. Resolvi não contar nada, até ser descoberta por eles, no final deram-me apoio mais do que esperava, o que me deixou muito contente, afinal esse é meu objetivo, meu sonho. Escrever é uma ação desafiadora e, é exatamente nesse desafio que quero embarcar!
(Elizandra Silva)

5 comments

  1. Olha, fiquei curiosa com esse prólogo! Realmente a onda de vampiros já anda passando, mas é sempre bom ter mais um livro de qualidade no mercado.

    Beijo, beijo :*

  2. Concordo com você. Alguns livros dá preguiça de ler porque parece que foi plagiado. O livro da Elizandra não tem apenas vampiros, mas ela misturou vampiros, anjos, pôneis… Um livro nos faz tantas coisas! #Recomendo.

  3. OBRIGADA JESSYKA! O PRÓLOGO É APENAS UMA AMOSTRAR DO LIVRO. HÁ ROMANCE, AÇÃO, VINGANÇA, INVEJA E MUITO MAIS. ESPERO PUBLICÁ-LO LOGO.
    ELIZANDRA

  4. Eu não gosto muito dos livros de vampiros atuais. Somente dos clássicos "O Conde Drácula" e os de Anne Rice, como "Entrevista Com o Vampiro" e "O Vampiro Lestat". Mas ela quem escreveu o prólogo? :/ Porque há um erro ali grave: "Mais nem por isso", devia ser "Mas nem por isso". :/
    Postei de novo lá no blog, Adriel 🙂
    Beeijo <3

  5. Oi, Lari.
    Não tenho nada contra livros sobre vampiros, já li vários e adorei.

    O livro ainda não foi editado, é normal acontecer erros, o que não pode é aparecer um erro desses no blog, né?! Vou corrigir agorinha. 🙂

    Beijos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.