free hit counter

Coisas que aprendi aos 26 anos

A gente está em constante mudança, né? Entra ano, sai ano… Nesse intervalo de tempo, acabamos descobrindo novos fatos sobre si mesmo. Taí algo que…

by 

A gente está em constante mudança, né? Entra ano, sai ano… Nesse intervalo de tempo, acabamos descobrindo novos fatos sobre si mesmo. Taí algo que faz a vida ser mara: as descobertas. Quando entendemos certas coisas da vida, o processo natural tende a ser mais tranquilo e “fácil”.

Eu gosto de tirar um tempinho e refletir sobre essas mudanças e descobertas. Me faz ver o quanto evoluí, sabe? Por exemplo: em 2012, eu era uma pessoa tímida, que mal falava com os outros/desconhecidos. Já em 2016, eu até gravei vídeo pra internet e entrevistei pessoas na tv… Em 4 anos, rolou todo uma movimentação espiritual pra que eu perdesse um pouco da vergonha. Ou seja: o tempo foi bem aproveitado. ❤️

Estou caminhado pra casa dos 26 anos e me aproximando dos 30. Dizem que a casa dos 20 é complicada, difícil… Eu concordo em partes! É uma década complicada como outra qualquer, porém, em muitos casos, quem complica é a gente mesmo. Difícil sempre será, independente da idade. Se tudo fosse fácil, isso não se chamaria “vida”.

Prefiro “perder” tempo tentando entender como fazer com que as coisas se tornem mais simples, sabe? Se é fácil, difícil ou sei lá mais o quê, tanto faz. O que quero é conquistar os meus objetivos, realizar projetos e ser feliz.

Abaixo, segue uma lista com 26 fatos que descobri/aprendi nos últimos anos:

1 – Fazer as coisas sem compartilhar com muita gente tendem a dar mais certo do que quando você espalha pro mundo. Nem sempre quem está próximo torce pela sua alegria.

2 – Quando você está estressado, evitar conversas é melhor do que descontar nos outros coisas que eles não têm nada a ver.

3 – Ser organizado é uma das melhores coisas da vida.

4 – Estudar nunca é demais.

5 – Família (de sangue ou a que você escolheu) sempre será um suporte maravilhoso pra estar perto nos dias difíceis.

6 – As pessoas, às vezes, serão ignorantes e você precisa apenas não levar pro lado pessoal. Uma hora você também será.

7 – Todo drama tem limites.

8 – Esperar apoio de pessoas próximas é um erro. Nem todo mundo fica empolgado com os seus projetos pessoais/profissionais.

9 – Não tenha medo de pedir ajuda. O “não” já é certo. Vá em busca do “sim”!

10 – Não se compare com os outros. Nunca. Cada um tem uma jornada a percorrer.

11- Filtre bem quem você acompanha nas redes sociais. Independente de ser pessoa próxima ou não, o conteúdo postado pode ser tóxico. Não precisa deixar de seguir, ocultar as postagens já resolve 99% do problema.

12 – Ser empático não é apoiar todas as causas, e sim apostar todas as fichas naquilo que você acredita.

13 – Ensino à Distância pode ser tão bom quanto o presencial.

14 – Fazer algo visando a realização pessoal é mais prazeroso do que pensar só no sucesso.

15 – Ser grato pelas pequenas coisas pode fazer com que você perceba o quanto de realizações diárias acontecem na sua vida.

16 – Ter um diário ou um caderninho de cabeceira pode ser interessante pra escrever nos dias em que você estiver muito bem ou mal.

17 – Se tiver oportunidade, faça terapia. Autoconhecimento é muito importante.

18 – Fazer exercício é ótimo, principalmente aquele que te faz se sentir bem ao finalizá-lo.

19 – Os amores não acontecem como os que vemos na tv ou nos livros. Podem acontecer com algumas pessoas, mas não são a regra.

20 – Ter o salário dos sonhos não é tão fácil quanto você imaginou na infância.

21 – Ensino superior pode ajudar ou não a ter um salário bacana.

22 – Pessoas inteligentes empreendem.

23 – Ser bonzinho aos outros não quer dizer que você deve ser bobo. É necessário saber impor limites nas relações pessoais/profissionais.

24 – Sorrir é uma das melhores coisas da vida.

25 – Maturidade não tem relação alguma com idade. Há velhos com pensamento infantil e crianças muito mais evoluídas do que adultos.

26 – Aniversário vai perdendo a animação de antes. Você fica feliz pela chegada da data, mas ela não causa a mesma ansiedade de quando estava na adolescência.

Enfim… Ainda tenho muito o que aprender. Por aqui é só gratidão por Deus me abençoar e me ensinar diariamente a ser uma pessoa melhor.

Feliz aniversário ~adiantado~ pra mim? 😄

Este post faz parte de uma blogagem coletiva. Confira as outras postagens em:

Pandinando  /  Sweet Luly  / Algumas observaçõesConfabulando / Justo Eu!  / Camila por Aí / Profano Feminino /  Inventando assunto /  Like Paradise  / Tô Pronta!

7 comments

  1. Adorei os ensinamentos, Dri! Você tem toda a razão e concordo muito com você, descobrir a si mesmo é a melhor coisa que podemos fazer e descobrir um pouquinho a cada dia é maravilhoso, não existem limites para o quanto podemos evoluir, só depende de nós.

    Beijos!

  2. Ai que post mais lindo. É bem bom olhar pra trás e ver o quanto evoluímos, o que aprendemos, o que mudou e etc. Concordo muito com o item 1 e 6, a gente se decepciona muito quando esperamos das pessoas mais do que elas são capazes de nos dar.

    Observação: já estou com saudades do sexta do blog, vamos inventar um novo projetinho pra esse mês?

    Bjssss
    Carol Justo | Justo Eu

  3. EU amo esse tipo de post, porque também gosto de escrever posts assim. Aos 30 eu posso te dizer que aprendi muitas dessas coisas e mais algumas. Mas continuo muito empolgada em fazer aniversário rs

    Que você possa continuar aprendendo mais e mais.

    Um beijo!!

    ps: gente, esse chão da primeira foto, me fez pensar em infância.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.